Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

A Ilha Das Trevas, José Rodrigues Dos Santos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Ilha Das Trevas, José Rodrigues Dos Santos

Mensagem por XxAndréxX em Seg 16 Fev 2009 - 8:54

1. Identificação
do Livro


1.1. A Ilha Das Trevas
1.2. José Rodrigues Dos Santos
1.3. Gradiva Publicações
1.4. 2007


2. Escolha do livro

2.1. O nome chamou-me a atenção e
porque gostava de saber pormenores sobre a Guerra entre Indonésia e Timor-Leste




3. Contextualização do Autor

3.1. José Rodrigues Dos Santos
nasceu em 1964 em Moçambique. Abraçou o jornalismo em 1981, na Rádio Macau,
tendo ainda trabalho na BBC e sido colaborador permanente da CNN. Doutorado em Ciências
Da Comunição, é agora professor da Universidade Nova de Lisboa e jornalista da
RTP. Trata-se de um dos mais premiados jornalistas portugueses, galardoado com
dois prémios do Clube Português de Imprensa e três da CNN, entre outros. A ilha
das trevas foi o seu primeiro romance.




3.2.



A Filha do Capitão, Gradiva, 2004
O Codex 632, Gradiva, 2005
A Fórmula de Deus, Gradiva, 2006
O Ultimo Selo, gradiva, 2007
A Vida num Sopro, Gradiva, 2008




4. Conteúdo do
Livro


4.1. Romance




4.2.

Através da vida de um
Timorense, Paulino da Conceição, relata-nos toda a guerra desde a invasão da
Indonésia em 1975 até ao referendo de 1999. Através da personagem não
real de Paulino, que retratava o povo timorense, José Rodrigues Dos Santos
conta-nos neste livro os verdadeiros motivos do inicio desta guerra por parte
da Indonésia e todos os passos importantes e que foram dados pelos países
envolvidos, principalmente Portugal, Timor e Indonésia, os Estados Unidos
da América, os países da Associação das Nações Do Sudoeste Asiático e a Austrália. A maior
parte das personalidades e factos que se contam neste romance são reais mas há
alguns que são ficção. Após a revolução de 1975 em Portugal as suas ex-colónias
ficaram por sua conta, incluindo Timor. A Indonésia invadiu Timor com o apoio
dos EUA e da Austrália com a única e exclusiva justificação que o mundo não
podia ter mais nenhum país comunista. Mas na verdade o motivo era apoderar-se
da ex-colónia Portuguesa. Timor pediu muitas vezes ajuda a Portugal mas este
não quis entrar em guerras porque Portugal sofria uma grave crise política. Só
em 1991 com o massacre em Dili é que Portugal e o resto do mundo tomaram
consciência do que realmente se passava em Timor-Leste. A partir daqui foi uma
luta constante dirigida sempre por Portugal que por vezes se viu a lutar
sozinho contra o resto do mundo pois oponha-se a envolver-se em acordos da
Comunidade Europeia, que incluíssem a Indonésia. Em 1996 Ramos Horta e o Bispo
Ximenes Belo ganharam o prémio Nobel da Paz fazendo reavivar o problema de
Timor. E por fim em 1999 todos os países que tinham ajudado a Indonésia
anteriormente deixaram de o fazer de certo modo comovidos pela sensibilização
do Bispo Belo e Ramos Horta. A Indonésia ao ver-se sozinho na luta decidiram
realizar o referendo onde deixavam a vontade dos timorenses a serem um pais independente
ou dependente.




[b]4.3. “Como eu votei simultaneamente no Bispo Belo e
em Ramos Horta, cabe-me a mim fazer a defesa desta opção o que ele quer dizer é
muito simples. Timor-Leste é um território mergulhado num estado policial e militarizado,
e as pessoas que aí vivem tem enorme dificuldade em expressar o que pensam.” Estas foram as palavras do Seiersted ao nomear o Bispo Ximenes e Ramos Horta para o premio nobel.

4.4. Um livro fácil de ler, pois contém uma escrita clara e escorreita, quando começa-mos a ler não conseguimos parar
porque o livro não é muito parado porque contém relatos verídicos. José
Rodrigues Dos Santos faz o que alguns autores não consegue concretizar,
fascinar e informar ao mesmo tempo que entretêm.


Espero que gostem da minha sintese
jocolor

XxAndréxX
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 20
Idade : 24
Localização : Setubal
Data de inscrição : 30/09/2008
Pontos : 3408

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ilha Das Trevas, José Rodrigues Dos Santos

Mensagem por Filipe Azevedo em Seg 16 Fev 2009 - 15:03

Muito bem, André.

Precisas de corrigir os seguintes aspectos:
- Erros na escrita;
- Indicar as fontes de onde retiraste alguma da informação;
- Ilustrar a apresentação para ficar mais atractiva (opcional).

Mas está no bom caminho. Fazendo as contas, terás 13 valores.

_________________
www.vertentes.pt.vu
avatar
Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 56
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15962

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ilha Das Trevas, José Rodrigues Dos Santos

Mensagem por XxAndréxX em Ter 17 Fev 2009 - 13:15

podia dizer quais foram os erros? Shocked eu já li umas três vezes o resumo mas não consigo encontrar nenhuns erros Crying or Very sad

XxAndréxX
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 20
Idade : 24
Localização : Setubal
Data de inscrição : 30/09/2008
Pontos : 3408

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ilha Das Trevas, José Rodrigues Dos Santos

Mensagem por XxAndréxX em Ter 17 Fev 2009 - 13:18

ah... e como da primeira vez que comecei a fazer o post o meu resumo estava extenso demais (continha promenores a mais, como por exemplo a parte em que um jornalista é morto com uma catana ou a parte em que paulino teve de matar a própria filha) usei o auxílio deste site http://pt.shvoong.com/books/novel/1619574-ilha-das-trevas/ para fazer um resumo mais breve do livro

XxAndréxX
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 20
Idade : 24
Localização : Setubal
Data de inscrição : 30/09/2008
Pontos : 3408

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ilha Das Trevas, José Rodrigues Dos Santos

Mensagem por Filipe Azevedo em Qua 25 Fev 2009 - 6:26

XxAndréxX escreveu:podia dizer quais foram os erros? Shocked eu já li umas três vezes o resumo mas não consigo encontrar nenhuns erros Crying or Very sad

Há faltas de acentos (embora essas regras estejam em mudança, actualmente), erros ortográficos como o que tens quase no final: "quando começa-mos a ler" em vez de "quando começamos a ler" e alguma inconsistência da articulação lógica (de pouca gravidade). São cuidados que deves sempre ter na escrita. Não esqueças que este é um espaço universal e é consultado por leitores de todo o mundo. Neste momento, mesmo excluindo o Brasil que tem quase 50% dos acessos ao fórum, há 10% de visitas vindas do exterior da Europa, incluindo continentes improváveis como a Ásia e a Austrália. Temos uma responsabilidade internacional. Very Happy

_________________
www.vertentes.pt.vu
avatar
Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 56
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15962

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Ilha Das Trevas, José Rodrigues Dos Santos

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum