Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

As Crónicas de Nárnia, C. S. Lewis.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

As Crónicas de Nárnia, C. S. Lewis.

Mensagem por jose carlos andrade em Qui 19 Fev 2009 - 8:17





Neste pequeno trabalho vou tentar o mais breve possível resumir esta crónica, vou fazer os meus comentários sobre o resumo, a sua ficha técnica, um resumo sobre a história e por fim quem é o autor.



Um pequeno resume sobre a história.



Esta história fala sobre dois miúdos na qual chamavam Jill Pole que é uma miúda bastante corajosa e o companheiro Scrubb. Encontraram uma porta, quando abriram foram sair num outro mundo. Logo que chegaram encontraram com um leão que se chamava Aslan, este deu-lhes uma missão e com 4 sinais que tinham que encontrar e assim seria mais fácil cumprirem a missão. 1º Tinham que chegar a um reino chamado Nárnia. 2º Encontrar o rei daquele reino. 3º Tinham que encontrar um texto escrito numa cidade em ruínas, o 4º e último teriam de reconhecer o príncipe.

Conseguiram chegar ao reino de Nárnia.

Naquele reino os animais andavam e falavam como os seres humanos.

Encontraram o rei, que se chamava rei Cáspian.

Durante a aventura encontraram um outro amigo que parecia um sapo, era um lingrinhas que se chamava Lamacambúzio, continuando a aventura avistaram coisas estranhas como os gigantes malucos que começaram a lhes atirar com pedra apanharam mau tempo com neve e vento muito forte e por fim chegaram a uma pequena aldeia de gigantes, o Harfang.

Descobriram o texto que estava escrito nas pedras da cidade em ruínas.

Encontraram o tal texto e seguiram o que nela lhes indicavam. Seguiram por uma gruta muito escura. Desceram mais de dez km. Foram dar lá no mundo dos Homens do Subsolo. Ali é que vivia a tal feiticeira que raptou o príncipe. Os aventureiros foram levados até a bruxa pelos homens do subsolo. A bruxa tinha enfeitiçado o príncipe e lhe tinha dito que ali era o reino deles para sempre e que ninguém os separaria. Logo chegaram os homens do subsolo com a Jill, o Scrubb e o Lamacambúzio.

A feiticeira amarou-os e pôs o príncipe a ficar de guarda enquanto ela ia a superfície.

O príncipe estava mascarado como um cavaleiro de guerra, depois tirou a capacete e começou falar com eles. A Jill começou a lhe fazer perguntas até que vieram descobrir que ele era o príncipe.

Reconheceram o príncipe.

O príncipe contou-lhes que estava sobre o efeito de feitiço que a feiticeira lançou, contou lhes que o feitiço só seria quebrado se ele for amarado, porque a noite ele transforma em serpente.

E por fim conseguiram matar a feiticeira e quebraram o feitiço, foram para o reino de Nárnia é e salvos, mas ao chegarem o rei já tinha morrido. O príncipe veio a ser rei dias depois e os aventureiros voltaram para casa felizes por terem conhecido o reino de Nárnia.







Os meus comentários.



As Crónicas de Nárnia têm vindo a apaixonar o mundo, com sucessivas gerações de leitores inteiramente rendidas ao imenso fascínio da série. Neste 6º volume, o penúltimo da série e por muitos considerado um dos mais interessantes, entramos novamente no maravilhoso mundo de Nárnia e acompanhamos 2 jovens, Jill e Eustace, numa aventura muito empolgante quanto imprevisível nos seus incontáveis perigos. Nada fazia prever que, num dia igual a tantos outros passados naquela escola aborrecida, os dois colegas vissem abrir-se diante de si a porta que os iria levar, num sopro de magia, para a maior odisseia das suas vidas. E que responsabilidade a sua! Afinal, não é a qualquer um que é confiada a missão de salvar um príncipe que a muito se encontra preso ao feitiço maléfico de uma dama belíssima e cintilante. O trono de Nárnia está sem sucessor e os corações dos seus súbditos entristecem-se com a longa ausência do jovem príncipe. Mais não será por muito mais tempo… Os seus salvadores estão a caminho do castelo da cidade subterrânea e enfrentam já os muitos inimigos que os ameaçam. Será que agora Nárnia poderá finalmente voltar a ser o Feliz Reino de Nárnia? Fantasia, humor e imaginação a pontuarem este grande clássico de todos os tempos.


Ficha técnica



Título original: The Silver Chair

Autor: C. S. Lewis

Edição publicada por Editorial Presença sob licença de The C. S. Lewis Company Ltd.


Editorial



Este livro foi publicado pelo Editorial Presença
Autor



Clive Staples Lewis (1989-1963) nasceu em Belfast, na Irlanda. Desde criança que era fascinado por contos de fadas, mitos e lendas. Foi professor de Literatura Medieval e Renascentista na Universidade de Cambridge. Escreveu livros para adultos, mas foram As Crónicas de Nárnia que imortalizaram o seu nome.

Pauline Baynes, que ilustrou estas histórias, ficou célebre pela magia com que recriou graficamente o mundo de Nárnia.

Cliff Nielsen, é novo autor das capas desta série

jose carlos andrade
Rabisco
Rabisco

Número de Mensagens : 2
Idade : 23
Localização : setubal
Data de inscrição : 13/11/2008
Pontos : 3143

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum