Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

A doçura da chuva - Deborah Smith

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A doçura da chuva - Deborah Smith

Mensagem por Ana Isabel Pires Coelho em Dom 17 Maio 2009 - 11:35




1. Identificação do Livro
1.1. Título
A doçura da chuva

1.2. Autor(a)
Deborah Smith

1.3. Editora
Porto Editora

1.4. Data da Edição
Março de 2009

2. Escolha do livro
2.1. Motivos que levaram à escolha do livro
O título chamou-me à atenção, achei logo que se tratava de uma história bonita. E a capa na minha opinião também é chamativa.
Depois li a sinopse do livro que me despertou ainda mais interesse.

3. Contextualização do Autor
3.1. Alguns dados biográficos
Deborah Smith é uma das autoras americanas mais lidas em todo o mundo. A sua obra já vendeu mais de três milhões de exemplares.
Foi nomeada para diversos prémios como o RITA Award da Romance Writers of America com "A doçura da chuva" em 2007, o Best Contemporary Fiction da Romance Reviews Today e foi distinguida com o Prémio de Carreira atribuída pela Romantic Times Magazine.

3.2. Outras Obras do(a) Autor(a)
Miracle
Blue Willow
Silk and Stone
A place to call home
When Venus fell
On Bear Mountain
Charming Grace
Sweet Hush
The stone flower garden
Alice at heart
Diary of a radical mermaid
The Crossroads cafe
Solomon's Seal: Discovery

4. Conteúdo do Livro
4.1. Género Literário
Romance.

4.2. Assunto
Este livro narra a história de uma mulher chamada Kara. Era filha de dois ambientalistas famosos, e aparentemente tinha uma vida feliz, mas não era bem assim, ela sentia que não pertencia aquele meio de pessoas ricas.Todos esperavam que um dia Kara seguisse as pisadas dos seus pais, para salvar o planeta, mas o seu objectivo era muito diferente, queria ajudar pessoas que realmente necessitassem da sua ajuda e lhe dessem valor.
Mas o inesperado aconteceu, os seus pais morreram num acidente de avião, e a partir desse acontecimento tudo mudou na vida de Kara. Enquanto estava na casa de uns familiares encontrou a sua certidão de nascimento, que continha um enorme segredo, descobriu que era adoptada. O mordomo contou-lhe o que realmente se passou. A sua mãe adoptiva estava grávida mas perdeu o bebé durante uma viagem, e para ninguém descobrir isso e tirarem-lhes a herança, adoptaram um bebé recém-nascido dizendo que era deles. Em relação aos pais biológicos, o mordomo contou-lhe que eram deficientes mentais, por isso incapacitados de cuidar dela.
Kara decidiu ir para Florida em busca dos seus pais biológicos, mas o mordomo avisou-a para não revelar a sua identidade porque podia haver a possibilidade de não a aceitarem bem ou quererem-se aproveitar da herança dela.
Quando Kara estava a andar de carro, uma égua atravessou-se no caminho e teve um acidente. Nessa altura apareceram uns ladrões e ficou tudo muito complicado, mas Ben, o dono da égua, apareceu também e ajudou-a.
Com ele apareceram os seus empregados, que pertenciam a um rancho. Ben insistiu para Kara ficar em sua casa, pois tinha sido a égua dele que tinha provocado estragos no carro. Kara apresentou-se como Karen.
Na casa vivia Ben, os empregados e o irmão mais novo Joey, que como a maior parte dos empregados era deficiente mental. Joey tinha um problema de coração e andava de cadeira de rodas. Kara acabou por descobrir que dois desses empregados eram os seus pais biológicos, Mac e Lily.
Kara rapidamente afeiçoou-se a todas as pessoas e passou a cuidar da casa, e com o passar do tempo ela e Ben apaixonaram-se um pelo outro. Kara conseguiu participar e ganhar corridas com a égua, que todos pensavam não servir para nada e mordia os outros animais. Ben teve alguns problemas de dinheiro e Kara secretamente ajudou-o, incluindo com a doença de Joey, conseguiu com que ele fosse operado.
Kara descobriu que Ben há uns anos atrás tinha sido um wrestler, teve que andar fugido da polícia e noutro país para não lhe tirarem Joey. Ele ficou sozinho com o irmão, porque os pais morreram quando eles eram ainda novos.
Tudo parecia estar bem até que Ben descobriu a verdade sobre Kara. Durante uns tempos ficou confuso e triste e não sabia o que fazer. Ao mesmo tempo que isso se passava Kara teve que levar Mac e Lily para o Brasil, porque o Glen, o irmão de Mac, queria tirar o Mac do rancho e separá-lo da Lily. Durante essa viagem Kara contou-lhes que era filha deles, Mac e Lily ficaram muitos surpreendidos e felizes pois pensavam que ela tinha morrido à nascença, porque foi o que Glen lhes contara.
Passado algum tempo, no Brasil, Ben decidiu ir falar com Kara e disse-lhe que não importava qual era o verdadeiro nome dela, apenas que a amava.
No outono, Joey voltou a casa e estava recuperado da operação, até já conseguia andar. Kara com o dinheiro ajudou Mac e Lily e formou uma sociedade com Ben, com quem já tinha casamento marcado. Glen deixou de ser tutor de Mac, e assim Mac pôde casar com Lily, porque Glen não deixava. Até a égua estava mais calma, já não mordia ninguém.
A história acabou com o casamento de Mac e Lily, e Ben dizendo que todas as pessoas procuram algo para que valha a pena viver, e agora ele tinha encontrado isso com Kara. Kara conseguiu alcançar também o seu objectivo: Encontrar pessoas que precisassem realmente dela fora do meio rico e egoísta que costumava estar.

4.3. Citações favoritas
"A dor tem um som. É um grito de raiva e a canção de uma promessa. É o chamamento vibrante da paixão. É capaz de nos transformar, mesmo quando gagueja. Eu queria ser transformada." Esta citação foi feita por Kara, depois do funeral dos seus pais adoptivos quando viu que as pessoas não se importavam com eles, apenas estavam preocupados com o dinheiro.
"Tinha sido um Verão fantástico e o Outono foi um Outono fantástico. Eu estava sempre a tentar colocá-lo em palavras, mas isto foi o melhor que consegui: as pessoas querem fazer parte de algo maior, algo mais profundo do que elas próprias. Algo pelo qual valha a pena viver, valha a pena morrer. Algo tão maravilhoso que estão dispostas a correr o risco de ser alvo de chacota, o risco de serem chamadas loucas, o risco de nadarem sozinhas nas águas mais escuras, determinadas a mergulhar nas profundezas para encontrarem algo especial, algo que possa durar para sempre." Parte do final da história narrada por Ben.

4.4. Opinião sobre o livro
Dos livros que andei a ler ultimamente este foi o que mais gostei a nível de tudo: A forma como a história está escrita, a caracterização das personagens - São muito doces e inocentes, o enredo também está bastante interessante porque desde o início com o decorrer da história a Kara mudou a sua vida e maneira de ser, e ao procurar os seus pais encontrou mais do que estava à espera. Um bom livro.

Ana Isabel Pires Coelho
Palavra
Palavra

Número de Mensagens : 15
Idade : 24
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 08/11/2008
Pontos : 3306

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A doçura da chuva - Deborah Smith

Mensagem por Zizi em Qua 3 Jun 2009 - 15:28

gostei bastante do resumo, muito bem elaborado. 14 valores

Zizi
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 24
Idade : 25
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 23/09/2008
Pontos : 3424

Folha de personagem
Guardião secular:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A doçura da chuva - Deborah Smith

Mensagem por Salomé Raposo em Qua 24 Jun 2009 - 19:03

Continua a fazer boas leituras e a escrever!

16 valores

Salomé Raposo
Professora

Número de Mensagens : 86
Idade : 46
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 26/09/2008
Pontos : 3365

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A doçura da chuva - Deborah Smith

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum