Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei

Mensagem por Vicky em Dom 5 Jul 2009 - 19:33

Ficha de leitura


Antes de ler o livro


1. Identificação do Livro



Título

Na Margem do Rio Piedra eu Sentei e Chorei



Autor(a)

Paulo Coelho

Editora

Gold Editora


1.4. Data da Edição
2007

2. Escolha do livro

Motivos que levaram à escolha do livro


Eu escolhi esse livro por uma indicação de meu tio, mas apesar dele ter me falado muito bem da obra sempre gostei da forma de Paulo Coelho escrever.

Após a leitura do livro


3. Contextualização do Autor

3.1. Alguns dados biográficos

O escritor brasileiro PAULO COELHO nasceu em 1947, na cidade do Rio de Janeiro. Antes de dedicar-se inteiramente à literatura, trabalhou como diretor e ator de teatro, compositor e jornalista. É fascinado, e demonstra claramente isso em seus livros, pela espiritualidade. Foi um marco em suas obras desde época em que era hippie, a partir dai busca experiências em sociedades secretas, religiões orientais, dentre outras. Chegou até ser internado, por sua mãe, em uma clinica de recuperação mental por causa de seu jeito místico de enxergar a vida.

Sempre foi o maior critico de seu trabalho, tanto é que em 1985 quando participou do livro “MANUAL PRATICO DO VAMPIRISMO” mandou recolher todos os exemplares acreditando que o mesmo, segundo suas próprias palavras eram “de má qualidade”

Atualmente Paulo Coelho é considerado um dos escritores mais bem conceituados da literatura contemporânea brasileira. Vendeu até hoje um total de 100 milhões de exemplares, e segundo a revista “Plublishing Trends” foi o autor mais vendido do mundo em 2003 com seu livro onze minutos, que foi traduzido para 45 idiomas.




3.2. Outras Obras do(a) Autor(a)

A bruxa de Portobello

Manual do Guerreiro da Luz

Veronika decide morrer

As Valkírias

Zahir

Diário de um Monge

Maktub

Brida

4. Conteúdo do Livro

4.1. Género Literário

Romance fictício

(Literatura Contemporânea)



4.2. Assunto (breve síntese)

O livro conta a história de Pilar, uma mulher insegura e sem muitas perspectivas de vida, as únicas coisas que espera da vida é passar em um concurso público e casar com uma pessoa que não queira muito, além da vida monótona que ela mesma leva em Soria, cidadezinha da Espanha. Muitas coisas em sua vida dão certo, Pilar passa em um concurso público, mas acaba não se casando.

Mas é em dia comum para Pilar que ela recebe uma carta de seu amigo de infância, esse amigo a convida para participar de uma palestra que ele ira ministrar em Madrid. Pilar, meio relutante acaba aceitando, pois até onde ela sabia esse seu amigo iria ser padre, pelo menos estava em um seminário, mas mesmo com certa insegurança Pillar vai para Madrid e participa da Palestra que ele ministra, tudo transcorre perfeitamente bem, mas em um determinado momento da palestra uma senhora que está do seu lado diz que ele está devolvendo para todas as pessoas presentes algo que as mesmas haviam perdido há muito. Pilar fica curiosa e assim que a palestra termina ela pergunta para ele o que significava aquilo que ela tinha ouvido da senhora ao seu lado, então ele meio nervoso acaba dizendo que ele só devolveu para as pessoas a fé em Deus, mas em um Deus com a face feminina, representada pela imagem da Virgem( uma espécie de Nossa Senhora Aparecida), Pilar fica confusa achando que seu amigo de infância nao está passando bem, e fica muito curiosa para saber o que um homem tão jovem como ele, que com toda certeza já passou por muita experiências na vida, estava querendo dizer com aquelas loucas afirmações. Pilar, então pede para ele deixá-la seguir viajem com ele, no início ele fica exitente, mas depois acaba aceitando, e Pilar vai com ele para Bilbao, cidade onde acontecerá uma outra palestra dele, e combinam que assim que ela terminar de assistir à palestra Pilar tomará um ônius e voltará para Soria .Então Pilar e ele chegam a Bilbao e eles dormem no mesmo quarto, e por ele terem um respeito mutuo dormem até na mesma cama. Chega o outro dia e Pilar se prepara para ir embora, mas ele pede para que Pilar o acompanhe até Saint Savin, França, e Pilar fica indecisa,mas ele acaba convencend-a a ir, afinal se aproximava o feriado da Imaculada Conceição. Os dois vão para França, e quando chegam no Hotel que vão passar mais uma noite juntos, Pilar tem uma grande surpresa, pois ele lhe entrega uma medalha em que ela havia perdido ainda quando era criança, e Pilar curiosa pergunta para ele por que ele não lhe entregou antes a medalha já que ele sabia que ela era apaixonada por aquela correntinha, então ele lhe responde que havia prometido para si mesmo que só lhe entregaria aa medalha no dia em que tivesse coragem para falar o que naquele tempo não teve, então ele revela para ela que a ama. Pilar fica chocada, afinal de contas ele era, até então, um seminarista, ele não pode amá-la, mas naquela altura não pode fazer nada além de acompanhá-lo, pois apesar de altos e baixos em sua real vontade de acompanhá-lo ela precisava saber quem era o homem que, naquele momento descobriu, amava. Então os dois vão para Saint Savin, mas no percurso ambos passam por várias experiências espirituais e aos poucos Pilar vai descobrindo que o homem que a ama e que ela também sabe que ama era muito especial, tinha vários dons mas ao mesmo tempo causador de dúvidas e ânseios nela.

Pilar o acompanha, e durante a viagem ela começa a aceitar o amor entre os dois, e o mas importante ele começa a fazer com que o amor entre eles traga de volta a fé, a fé nela, a fé nas pessoas, a fé na vida que há muito havia sido perdida por Pilar.

Sem que Pilar saiba, após ambos terem aceitado o amor entre eles e até feito planos para a vida, ele desaparece após terem passado uma tórrida note de amor junto. Pilar fica desesperada, mas um padre amigo dele a leva para descobrir quem é o VERDAEIRO amor da vida dela, e Pilar o acompanha, e se depara com ele ajoelhado e com cara de dor, Pilar fica com medo e retorna para a pensão que etavam hospedados em Saint Savin, mas ele percebe que foi observado e no fundo sabia que era ela quem estava lá observando-o.

Ele corre atrás dela para que possam conversar e pela relutância dela em ouvi-lo ele acaba revelando que ele abriu mão de seu dom, seu dom da cura, que a ela não havia sido explicitamente revelado, ou seja, tinha aberto mão de tudo que para ele era importante em um determinado momento da vida dele, para ficar com ela que sempre foi muito importante na para ele.

Pilar diz para ele que ela não o quer mais, pois ele abriu mão do diferencial que fazia com que ela a amasse, e fazia com que ele fosse tão importante para ela.

Pilar foge, mas ao tentar correr cai e perde a consciencia, e Pilar é ajudada pelas Madres do Convento Piedra, e durante sua estadia la a Madre Superiora vendo seu sofrimento a leva até o Rio Piedra, onde lhe entrega um diário com folhas brancas para que Pillar possa escrever a história que está, segundo a Madre, guanrdada no coração dela, então é ai que Pillar começa a contar a história de amor de ambos, regada a muitas lágrimas na margem do Rio Piedra.

Os dias foram passando e Pilar a cada dia que passava Pilar sentia mais saudade dele. Até que em um dia Pilar escuta sua voz e acha que está enloquecendo de saudades, pois chegou ao ponto de ouvir a voz dele, mas ao virar-se ela o vê. Espera para que ele possa se apreximar e quando ele chega perto dela e diz para ela que enquanto el não ouvir suas explicações ele nao sairá de perto dela, então eles ficam em silêncio, exatamente o tempo em que Pilar precisa para terminar de escrever no diário que a Madre lhe deu. Ao terminar Pilar dá o diário para que ele leia, assim que ele termina de ler, ele pede para Pilar arrumar suas coisas, pois a partir daquele momento ele sabia quais eram todos os sonhos de Pilar e percebeu que masi uma vez a vida havia lhe dado mais uma chance para ele encontrar seu caminho, e ter cumprido uma das missões masi importantes da vida dele, que elra fazer com que Pilar voltasse a ter FÉ.



4.3. Citações favoritas (se necessário, explicadas no contexto)

Houve, durante a leitura do livro, uma citação lindíssimas que me chamou muito a atenção. Essa citação ocorreu logo após Pilar ter dito para ele que não continuaria com ele porque ele havia aberto mão de algo que era muito importante para ela. Então ela sofre uma queda, perdendo a consciência, e é ai que ela lembra de uma histórinha que sua mãe havia lhe contado quando ela era ainda pequena:

1. “Um rapaz e uma moça se apaixonaram loucamente. E resoleram ficar noivos. E noivos sempre se dão presentes. O Rapaz era pobre e o único bem que tinha era um relógio que havia herdado de seu avô, então pensando nos lindo cabelos de sua amada, resolve comprar um lindo prendedor de cabelos de prata. A menina tampouco tinha dinheiro para o presente de noivado. Então foi até a loja do principal comerciante da cidade e lhe vendeu seus cabelos, e com o dinheiro comprou uma corrente de ouro para o relógio de seu amado.

Quando se encontraram no dia do noivado, ela lhe dá a corrente de noivado para um relógio que fora vendido, e lhe dá o prendedor para um cabelo que não existia mais”




4.4. Opinião sobre o livro.

Foi uma ótima leitura , embora a literatura de Paulo Coelho seja muito detelhada, minuciosa, e com uma forma de escrever que engloba uma variedade de assuntos, quando lida com atenção torna-se maravilhosa.

O mais gostoso da literatura de Pulo Coelho é que ele envolve na maioria de seus livros o lado místico, próprio dele. O fator que se faz muitíssimo presente no livro “Na margem do rio Piedra eu sentei e chorei”, pois a religiosisade representada pelo nome da protagonista: Pilar ( NOME da padroeira da Espanha), demonstra claramente o por quê de se aparecer somente o nome dela. O livro mostra um fato que se faz muito presente n atualidade, que é o fato não só da perda de religiosidade, mas a perda da fé, e não somente uma fé superficial e sim ua fé em tudo que vivenciamos no nosso dia-a-dia, e que aos poucos está se perdendendo em meio a violência e fatos naturais que fazem com que o ser humano seja sético ao amor e a fé, e principalmente sético a existenca de Deus em suas mais diversas faces. Essa história vai além de uma leitura superficial, a mesma necessita de uma leitura com o coração para que se entenda o que o verdadeiro amor e fé.
avatar
Vicky
Argumento
Argumento

Número de Mensagens : 57
Idade : 25
Localização : brasil
Data de inscrição : 03/03/2009
Pontos : 3219

Folha de personagem
Guardião secular:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Capa do Livro

Mensagem por Vicky em Dom 5 Jul 2009 - 19:50

avatar
Vicky
Argumento
Argumento

Número de Mensagens : 57
Idade : 25
Localização : brasil
Data de inscrição : 03/03/2009
Pontos : 3219

Folha de personagem
Guardião secular:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei

Mensagem por alexandre(hiro) em Sab 18 Jul 2009 - 23:14

Parabéns...
Sua nota é 14 (7.0)
avatar
alexandre(hiro)
"Best Seller"


Número de Mensagens : 496
Idade : 26
Localização : Brasil
Data de inscrição : 22/02/2008
Pontos : 5434

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Na Margem do Rio Piedra Eu Sentei e Chorei

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum