Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

Os Filhos da Droga - Christiane F.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os Filhos da Droga - Christiane F.

Mensagem por Conceição em Sex 6 Nov 2009 - 11:00

Antes de ler

1. Identificação do livro

1.1- Titulo: Os Filhos da Droga
1.2- Autor: Christiane F.
1.3- Editora: Circulo de Leitores
1.4- Data de edição: 1981


2. Escolha do livro

2.1-
Este livro foi me aconselhado pela minha stora de historia quando estava no 9ºano, e varias pessoas também me disseram que era giro.

Após a leitura do livro

3. Contextualização do Autor


3.1. Alguns dados biográficos
Christiane Vera Felscherinow mais conhecida como Christiane F., (Hamburgo, 20 de maio de 1962), é uma alemã viciada em heroína, que se tornou célebre por contribuir para o livro autobiográfico Wir Kinder vom Bahnhof Zoo, publicado e editado pela revista alemã Stern em 1978 e que descreve sua luta contra o vício durante a adolescência.
3.2. Outras Obras do(a) Autor(a)
Nenhuma, somente esta.

4. Conteúdo do Livro

4.1. Género Literário
Conteúdo Verídico, Drama

4.2. Assunto (breve síntese)
Com apenas seis anos, Christiane muda de casa. Sai da sua pacata aldeia e viaja rumo a Berlim, para aí passar a viver. Ela pensava que tudo iria ser diferente, que iria brincar e ser feliz, com a companhia dos seus pais. Contudo, as coisas não correram como ela pensava e rapidamente percebeu que a sua vida iria ser diferente do que tinha planeado. Praticamente todas as brincadeiras de criança eram proibidas naquela nova cidade de Berlim, e o pai agredia tanto a ela como à sua irmã ou mesmo à sua mãe.
Os anos vão avançando e, devido ao seu ambiente familiar, Christiane torna-se numa menina rebelde, orgulhosa e muito exigente consigo própria.
Quando tinha somente doze anos, Christiane possui a liberdade para frequentar o Clube de Jovens da sua zona e é nesse local que, pela primeira vez, experimenta haxixe. O haxixe foi o primeiro passo para o que viria a seguir: estimulantes ou mesmo tranquilizantes. Christiane envolve-se de tal maneira com esses produtos químicos que passa a viver dependente deles. Nesse asqueroso local, Christiane apaixona-se pela primeira vez, todavia esse rapaz somente pretendia ter relações sexuais com ela, chegando mesmo a forçá-la a tal.
Passados alguns meses, Christiane começa a frequentar uma discoteca, contudo essa discoteca apresenta uma particularidade: encontra-se sempre repleta de drogados e viciados em álcool. Aqui ela conhece Detlef, tornando-se logo grandes amigos e, mais tarde, começam a namorar. Nesta altura, Christiane decide dar um passo em frente e experimentar heroína, inalando apenas e não injectando-se. Passado pouco tempo, torna-se dependente desta droga forte, até que um dia dá o grande salto e decide injectar-se. Após este momento, a vida de Christiane dá uma grande reviravolta. Com o passar do tempo ela fica mais e mais dependente da droga e cada vez com menos dinheiro. Detlef, ao verificar tal facto, opta por entrar no mundo da prostituição, com o objectivo de ganhar dinheiro, tanto para a sua dose diária, mas também para a da sua namorada.
Esta situação arrasta-se por alguns meses. De longe a longe, tanto Christiane como Detlef decidem fazer desintoxicações, mas sempre sem sucesso. Christiane, não se encontrando bem com a situação em que estava, decide também ela entrar no mundo da prostituição, uma vez que a cada dia que passava a droga era cada vez mais o seu alimento, a sua fonte para a sobrevivência.
Todos os dias, aparecem nos jornais as várias vítimas, cada vez mais jovens, de heroína, notícias que levam Christiane a decidir tratar-se. Apesar dos muitos tratamentos a que é sujeita, não consegue viver sem a sua picada diária, sendo presa várias vezes.
Certo dia, ao injectar-se, com a sua dose matinal na casa de banho, a mãe descobre que a filha é uma drogada. Seus pais, que na altura se encontravam separados, decidem dar as mãos e juntar forças para tentarem salvar a filha. Após muitas fugas, de várias clínicas, e renúncias por parte de Christiane, os seus pais decidem levá-la para a Alemanha Ocidental. A viver com a sua avó e, sobretudo, longe do mundo da droga, do sofrimento da perda inevitável dos seus amigos devido à heroína, longe das tentações.
Durante seu julgamento num tribunal de infância e juventude, os jornalistas Kai Hermann e Horst Hieck ficaram fascinados com seu depoimento sobre o vício e propuseram a ela uma entrevista que acabou se estendendo por meses e deu base para o famoso livro Wir Kinder vom Bahnhof Zoo. O livro foi sucesso mundial sendo lançado em vários países, inclusive no Brasil com o titulo Eu, Christiane F., 13 anos drogada e prostituída e Portugal (Os Filhos da Droga). Com o sucesso do livro, Christiane ficou mundialmente famosa e até passou um tempo "limpa", garantindo estar livre das drogas. Mas em 1983, a polícia a prendeu no apartamento de um traficante em Berlim. Nesta época concedeu uma entrevista à revista alemã Stern, confessando que nunca havia realmente largado a heroína. Esta entrevista foi publicada no Brasil pela extinta revista Manchete em 1984.

Após o livro
A maioria dos amigos de Christiane morreu vítima da heroína, entre eles sua amiga Babsi com 14 anos a mais jovem vítima da heroína, além de Andreas W. (Atze) — que deixou uma carta de conselhos aos jovens alertando sobre o perigo da heroína —, e Axel, ambos com 17.
Christiane sobreviveu, mas nunca conseguiu se livrar do vício. Aos 45 anos, tomava vários medicamentos, passava regularmente por sessões de terapia que não eram bem sucedidas.
Tem hepatite C (doença incurável) e problemas circulatórios. Os médicos, além de afirmarem que, devido a eles, ela pode ter uma crise súbita, dizem também que seu estado é irreversível. Em Dezembro de 2005, o serviço público de saúde alemão registou duas internações da paciente.
Christiane passou um período morando num apartamento simples em Berlim com dois tios e com o filho, Jan-Niklas.
Detlef também sobreviveu e trabalha como motorista de ônibus em Berlim. Mora com sua esposa e dois filhos e garante que se livrou das drogas em 1980.

Atualmente
Aos 46 anos de idade voltou a tomar drogas pesadas.
O filho vive atualmente numa instituição para menores nas redondezas de Berlim, e os avós deverão ajudar a decidir onde será a sua futura morada.
O novo drama de Christiane começou no início de 2008, quando ela e o namorado decidiram emigrar para a Holanda, levando a criança. Ao ter conhecimento do plano, a justiça alemã tomou a criança da mãe, com a ajuda da polícia. Pouco tempo depois, ela sequestrou o próprio filho e fugiu para Amesterdão. Na capital holandesa, Christiane voltou a consumir heroína.
Após uma briga com o namorado, Christiane regressou no final de Junho de 2008 à Alemanha, quando seu filho foi retirado de sua guarda pelas autoridades alemãs.

4.3. Citações favoritas (se necessário, explicadas no contexto)
Citações Relevantes:
“O pai só odiava a família e também repudiava totalmente.”; “ aquela droga terrível, a heroína, tinha caído em Gropiusstadt com a violência inesperada de uma bomba.”; “ – Ouve, acabou-se o cheirar heroína! Desta vez vou-me picar,”; “… as coisas não podiam continuar assim e propôs que fizéssemos prostituição juntos.”; “o viciado continua a drogar-se unicamente para evitar os cruéis sintomas da carência da droga.”

4.4. Opinião sobre o livro
Este livro chamou-me muito a atenção para a realidade, do género de coisas que pensamos que só acontecem aos outros. Mostra que as acções que efectuamos hoje em dia podem determinar o nosso futuro. Aquelas conversas que os nossos pais têm connosco não são só para nos encher a cabeça.


Última edição por Conceição em Qui 17 Dez 2009 - 12:15, editado 2 vez(es)

Conceição
Letra
Letra

Número de Mensagens : 7
Idade : 23
Localização : Setubal
Data de inscrição : 06/11/2009
Pontos : 2649

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Filhos da Droga - Christiane F.

Mensagem por Filipe Azevedo em Dom 15 Nov 2009 - 9:59

É um clássico. Nunca o li porque nunca apreciei muito estes temas mas, das passagens do livro que conheço, reconheço que se trata de um relato impressionante.

_________________
www.vertentes.pt.vu

Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 55
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15588

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Filhos da Droga - Christiane F.

Mensagem por Filipe Azevedo em Qui 17 Dez 2009 - 16:39

11 valores.

Spoiler:
http://lerereter.blogspot.com/2008/06/ficha-de-leitura-autor-christiane-f.html

_________________
www.vertentes.pt.vu

Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 55
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15588

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Filhos da Droga - Christiane F.

Mensagem por Maitê Henrique de Faria em Sex 9 Nov 2012 - 6:12

muito bom Like a Star @ heaven

Maitê Henrique de Faria
Frase complexa
Frase complexa

Número de Mensagens : 35
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes - Brasil
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1947

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Filhos da Droga - Christiane F.

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 14:52


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum