Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

Lucíola- José de Alencar

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Lucíola- José de Alencar

Mensagem por Aline Akumi em Dom 29 Nov 2009 - 10:27

Antes de ler o livro

1) Identificação do livro

2) 1.1 Título: Lucíola

3) 1.2 Autor (a): José de Alencar

4) 1.3 Editora: Edições Melhoramento

5) 1.4 Data de Edição: _______



2) Escolha do Livro

2.1 Motivo que levaram à escolha do livro

Optei por ler este livro “Lucíola” embora não seja o livro que realmente gosto, porém foi um bom começo para me interessar cada vez mais pela leitura. E dá pra perceber que o autor em toda a sua obra existe fortemente o colorido, as comparações exuberantes, requinte de linguagem.


Após a leitura do livro
3) Contextualização do autor
3.1 Alguns dados biográficos
José Martiniano de Alencar nasceu no Ceará em 1809 e morreu no Rio de Janeiro em 1877. É o mais importante prosador do Romantismo. Tendo inclusive lutado pela criação de uma língua literária mais próxima do falar brasileiro. Suas obras românticas são vastas, abrangendo todas as tendências desenvolvidas na época.
No conjunto da obra de Alencar, merecem destaque os romances sociais, em que o autor faz uma representação bastante crítica das relações humanas na sociedade carioca da época. Apesar dos ingredientes sentimentais e dos arranjos para que tudo termine de maneira feliz. Alencar põe a hipocrisia e a corrupção das classes altas que se mostra preocupada apenas com a ostentação do luxo e a manutenção de seus privilégios.
Através desses romances, Alencar fez o estudo de textos caráter femininos, dos quais se destacam as figuras de Auréria (em Senhora) e Lúcia (em Lucíola).

3. Outras obras do autor
Romances Indianistas:
- Iracema; O guarani e Ubirajara.
Romances Históricos
As minas de prata e A Guerra dos Mascates.
Romance Regionalista
O gaúcho; O tronco do Ipê; Til e o Sertanejo.
Romance Urbano:
Cinco Minutos; A viuvinha; Lucíola; Divã; A pata da gazela; Sonhos Deouro; Senhora e Encarnação.

4)Conteúdo do livro
4.1 Gênero Literário: Romance narrado em 1º pessoa (Romance Urbano)

4.2 Assunto

Poucos dias depois da sua chegada ao Rio de Janeiro, Paulo fora convidado por Dr. Sá seu amigo e companheiro de infância, para uma das poucas festas populares da corte, onde encontrava pela 1º vez com Lúcia, uma moça linda de trajes elegantes. Desde que a vira Paulo não conseguia tirar Lúcia de seus pensamentos, e nessa mesma noite quando foi se deitar, Paulo lembrou-se da 1º vez que a vira, mas com vestes mais elegantes.
Aos poucos Paulo foi se atraindo por Lúcia e a cada dia que passava seu desejo por Lúcia ia se tornando irresistível, provocando o desejo, que a cada dia ia se tornando uma necessidade, embora momentânea na vida de Paulo. Ele sabia que Lúcia era uma prostituta, mas o que ele desejava era torná-la sua de corpo e alma.
Assim, na festa que fora realizado na casa de Sá, embora estivessem juntos no jardim da casa quando a festa já estava quase a terminar. Paulo pediu Lúcia que ela fosse apenas sua, para sempre, e ela havia acertado.
A partir daquela noite Lúcia se tornará unicamente sua, desde então passou a se envolver com ela. Mas quando seu amigo ficou sabendo do envolvimento do amigo com Lúcia, não ficou nada feliz, pois ele sentia que Paulo não seria feliz ao lado dela, pelo fato de ser uma prostituta.
Desde que Lúcia, Paulo sendo humilhado por Sá e lá começou a sentir culpa, como se ela estivesse acabando com a amizade de Paulo e Sá.
Com o passar dos dias, quando Paulo fora para a casa de Lúcia, ele notara que o comportamento dela não estava nenhum pouco agradável, desde aquele dia quando esteve na casa de Sá.
Pois ela andava muito fria ultimamente, principalmente com a empregada que mandará embora. Além, disso ela havia mudado muito desde o dia que ficara apenas com Paulo, sem seus outros amantes, ela não se importava mais com o modo como se vestia, e não sai a como antes para teatros e festa da corte.
Embora houvesse o desentendimento entre ambos, Paulo Lúcia sempre acabaram ficando juntos, mas o que os separava dela, é pelo fato de ela estar doente, pois na maioria das vezes Lúcia se encontrava indisposta, mas as coisas entre eles estavam amigáveis, tanto da parte dele, como também por parte dela.
Nos dias que iam se passando Lúcia, ia adoecendo mesmo nesse estado que se encontrava Lúcia convida Paulo para ir a São Domingos, para conhecer sua terra Natal, e contava a ele sobre a infeliz história vivida por ela, no ano de 1950, quando sua família fora contaminada pela febre amarela, e nessa época Lúcia tinha apenas 14 anos de idade, e ela foi obrigada a tratar de seis doentes. Mas como não havia dinheiro, ela contava a seu vizinho Couto, que a consolou e disse para que o acompanhasse à sua casa e Lúcia o acompanhou, ele tirou do bolso algumas moedas. E em seguida ela sentira os lábios de Couto que a tocavam, da 1º vez Lúcia fugira, mas como ela precisava de muito dinheiro para tratar de sua família, ela decide se entregar aos prazeres de Couto. A única coisa que Lúcia não entendia era o que queria esse homem.
Porém o dinheiro ganho com sua vergonha salvou apenas a vida de seu pai, e ela sentia vergonha de contar isso para Paulo, mas ela conseguira por ela confia apenas nele.
Antes de seu enfraquecimento Lúcia apresentou o Paulo sua irmã Ana, pois ela sentia que sua vida desejava do fim, por isso pediu para que Paulo cuidasse de Ana, como se fosse sua filha. Pois a cada instante que passava o estado de saúde de Lúcia ia piorando, mesmo depois de ter tomado remédio. A febre ficava mais intensa e já não havia mais esperança.
Assim Lúcia disse a Paulo que o amava, e que era feliz ao lado dele, pelo tempo que passaram juntos. Assim em seguida Lúcia pediu a Paulo que abrisse a janela, e ela partira nesta mesma noite, e as últimas palavras pronunciadas por ela: “- Receba-me Paulo”.
Mesmo seis anos após sua morte, Paulo sentia que Lúcia ainda estava ao seu lado, ela estava feliz com a lembrada felicidade, e Ana casou-se há dois anos e vivia feliz com seu marido, que ama como ela merece.

4.3 Citações Favoritas

“Beija-me também, Paulo”. Beija-me como beijarás um dia tua noiva! Oh! Agora posso te confessar se receio. Nesta hora não se mente. Eu te amei desde o momento em que te vi! Eu te amei, por séculos nestes poucos dias que passamos juntos na terra. Agora que minha vida se conta por instantes, amo-te em cada momento pro uma existência inteira. Amo-te do mesmo tempo com todas as afeições que se pode ter neste mundo. Vou te amar enfim por toda a eternidade.

4.4 Opinião sobre o livro
O livro é bom, mas não é do tipo de livro que gosto de ler, mas há partes emocionantes.
E parte que mais gostei é quando Lúcia disse a Paulo que o amava desde que o momento que vira. Essa parte é romântica e meio triste, pois Lúcia estava doente e preste a morrer. Esse Romance é de chorar, pois quando escolhi este livro não pensava que ser trata de uma história triste.

Aline Akumi
Letra
Letra

Número de Mensagens : 6
Idade : 25
Localização : Sp- Brasil
Data de inscrição : 21/04/2009
Pontos : 3162

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lucíola- José de Alencar

Mensagem por Aline Akumi em Dom 29 Nov 2009 - 10:31


Aline Akumi
Letra
Letra

Número de Mensagens : 6
Idade : 25
Localização : Sp- Brasil
Data de inscrição : 21/04/2009
Pontos : 3162

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lucíola- José de Alencar

Mensagem por nilse martinez em Seg 7 Dez 2009 - 18:09

Bom trabalho! A nota é 8 (16).

nilse martinez
Professora

Número de Mensagens : 240
Idade : 60
Localização : Brasil
Data de inscrição : 04/05/2007
Pontos : 4036

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lucíola- José de Alencar

Mensagem por alexandre(hiro) em Dom 27 Dez 2009 - 10:51

Oláaaaaaa...
Primeiramente, gostaria de me desculpar a todos pela minha ausência nesse último bimestre em virtude de emprevistos pessoais que todos estamos sujeitos a sofrer na vida, e me desculpar consequentemente de não ter dado as notas nos respectivos trabalhos escolares!! Queria me desculpar à professora Nilse pela minha ausencia e prometer que isso não repetirá (espero)!!!
Queria parabenizar a todos que se formaram pela Escola Sentaro Takaoka, e desejar muito sucesso na vida, e àqueles que por alguma razão não foram promovidos e até mesmo àqueles que foram, espero ve-los ano que vem em mais um ano no Vertentes...
Me desculpem novamente, e Um ótimo ano novo para todos!!!
Felicidades e até mais...
avatar
alexandre(hiro)
"Best Seller"


Número de Mensagens : 496
Idade : 26
Localização : Brasil
Data de inscrição : 22/02/2008
Pontos : 5559

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lucíola- José de Alencar

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum