Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

"Os filhos da droga" - Christiane F.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

"Os filhos da droga" - Christiane F.

Mensagem por neide em Sab 23 Jan 2010 - 11:53



1. Identificação do Livro

1.1. Título

“Os filhos da droga”


1.2. Autor

Christiane F.

1.3. Editora

Perspectivas & realidades


1.4. Data da Edição

1978





2. Escolha do livro

2.1. Motivos que levaram à escolha do livro

Este é um livro escrito já á alguns anos pelo que várias pessoas de diferentes idades me aconselharam a lê-lo. O título desta obra também não me foi indiferente, despertou-me um certo interesse.

Ora, com este título e visto que pessoas de diferentes idades o leram e gostaram também tive curiosidade em lê-lo, curiosidade esta que já vem de á uns anos.



3. Contextualização do Autor
3.1. Alguns dados biográficos


Christiane F. é Vera Christiane Felscherinow.

Em criança vai com os pais e irmã viver para Berlim, logo depois tiveram de se mudar para uma zona residencial com muito poucas condições.

Com más influências Christiane começou a tomar drogas “leves”com onze anos, mais tarde prostitui-se.

Quinze anos após o lançamento do livro, Christiane teve um filho que tem actualmente tem 9 anos.

Na altura em que o livro foi publicado Christiane já se tinha vido livre do vício mas aos 45 anos, tomava vários medicamentos, e pouco depois voltou a tomar drogas pesadas. Começou a drogar-se de novo no início de 2008, quando ela e o namorado decidiram emigrar para a Holanda. Ao ter conhecimento do plano a justiça decidiu tirar-lhe o filho. Pouco tempo depois, ela sequestrou o próprio filho e fugiu para Amesterdão. Foi então na capital holandesa que Christiane voltou a consumir heroína. Em Junho de 2008 perde a guarda do filho. O filho vive numa instituição para menores, mas deve ir morar com a avó materna, e Christiane poderá visitá-lo regularmente se se livrar da dependencia das drogas.

Christiane ainda é, então, dependente da Heroína, vive do dinheiro que recebe, ainda, mensalmente pelos direitos da sua obra, a sua vida pessoal continua uma lástima.

Tem hepatite C desde jovem e problemas circulatórios. Os médicos, além de afirmarem que, devido a eles, ela pode ter uma crise súbita, dizem também que seu estado é irreversível.

Detlef também sobreviveu e trabalha como motorista de autocarros em Berlim. Mora com sua esposa e dois filhos e garante que se livrou das drogas em 1980.


3.2. Outras Obras do Autor
Pelo que sei só escreveu este livro.


4. Conteúdo do Livro
4.1. Género Literário
Biografia


4.2. Assunto

Até os seis anos Christiane viveu numa pequena aldeia, onde o ambiente era humilde, e ela uma criança feliz.

Com seis anos, em 1968, mudou-se com a família para Berlim. Mas, depois dessa mudança o pai de Christiane, após o fracasso em estabelecer um empreendimento na cidade, começou a bater na sua mulher e nas duas filhas, tiveram de mudar para o bairro de Groppiusstadt. Os pais de Christiane divorciaram-se, Christiane ficou com a mãe, enquanto a irmã preferiu viver com o pai e a sua amante.

No bairro Christiane começou a dar-se com más companhias e mudou muito. Começou por experimentar cigarros e álcool. Em 1974, aos 12 anos de idade, começou a fumar cannabis e consumir drogas leves e outros comprimidos, como Valium, Mandrix, haxixe e LSD.
Um ano mais tarde começou a frequentar o Sound, a discoteca mais badalada na época, aí conheceu vários jovens como Detlef (seu futuro namorado), Axel, Babsi, Atze, Stella. Todos os amigos de Christiane acabaram por se viciar na heroína.

Christiane inalou heroína pela primeira vez depois de um concerto. Tempos depois, numa casa de banho pública na Estação de Berlim injectou droga pela primeira vez. Christiane, com 14 anos, e os seus amigos ficaram depressa dependentes de heroína e começaram a prostituir-se para poderem sustentar o vício. No inicio Christiane podia escolher os clientes e simplesmente masturbá-los ou praticar sexo oral. Mas o vício tornou-se cada vez maior, tinha necessidade de se injectar várias vezes ao dia e começou a aceitar qualquer tipo de cliente, e praticar qualquer serviço.

Christiane e Detlef faziam vários planos para o futuro, em que deixariam a droga, tentaram várias curas de desintoxicação com a ajuda da mãe de Christiane, mas todas as tentativas saiam falhadas.

Eram detidos várias vezes por tráfico e consumo de drogas, até que em 1977 quando a sua mãe teve de ir buscar Christiane mais uma vez à esquadra decidiu mandá-la viver com a tia nos arredores de Alemanha, onde não havia acesso fácil á droga, assim Christiane deixou finalmente a droga com 15 anos.

A maioria dos amigos de Christiane morreu vítima da heroína, entre eles, Babsi com 14 anos, a vítima mais nova da heroína na Alemanha, Andreas W. (Atze), que deixou uma carta com conselhos aos jovens alertando ao perigo que a heroína é, e Axel, ambos com 17.

Christiane e Detlef sobreviveram.



4.3. Citações favoritas

“A droga destrói todas as relações com outras pessoas.”
“Então, pela primeira vez, vi aquelas figuras de desterrados, dignos de compaixão, a deambularem na estação, de um lado para o outro.” (É como a mãe de Christiane caracteriza os drogados ao ir à Estação do Zoo, onde se concentravam muitos jovens drogados que se prostituíam.)
“Um drogado não faz mais do que dar tristezas, preocupações, amarguras e desespero aos parentes e amigos.”
“Sobre a minha cama havia um poster que representava a mão de um esqueleto a agarrar uma seringa. Por baixo estava escrito “Isto é o fim. O princípio foi a curiosidade.”
“Uns dias antes, tivera a visita de uma jovem que lhe confessou ser uma drogada e que lhe perguntou o que havia de fazer.
_ E o senhor que lhe disse? – perguntei-lhe.
_ Que arranjasse uma corda e se enforcasse.
Não havia nada a fazer.” (Conversa de mãe de Christiane com um médico.)


4.4. Opinião sobre o livro


Gostei da maneira como o livro nos descreve todo o ambiente da droga, como especifica o que os jovens faziam para arranjar dinheiro, com preparavam a droga, quais as suas relações com o mundo para além das drogas, como se divertiam.

Acho também positivo no livro termos o depoimento de outras pessoas, por exemplo da mãe de Christiane, pois assim sabemos qual a opinião de outras pessoas, e o que fizeram para tirar os jovens desta vida que gira á volta da droga.

Temos a prova de como o meio em que crescemos influencia a nossa vida, gostos, comportamento. Percebemos a razão pela qual os jovens optam por este estilo de vida, na maioria devido a problemas familiares ou desejo de se afirmarem perante os outros, como hoje em dia também acontece. Assim, sendo um livro já publicado á uns anos não fica desactualizado.

Este livro chama-nos ainda á atenção de como um jovem que só quer experimentar algo diferente em poucos anos morre ou tem para sempre a sua vida arruinada, tal com Christiane.Só tenho pena que não nos conte o resto da vida de Christiane, mas compreendo que não é possível pois os relatos do livro são de quanto Christiane era jovem. Gostava que escrevessem outro livro então a contar-nos mais.

neide
Ditongo
Ditongo

Número de Mensagens : 12
Idade : 23
Localização : setúbal
Data de inscrição : 03/01/2009
Pontos : 3296

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Os filhos da droga" - Christiane F.

Mensagem por Filipe Azevedo em Qui 25 Fev 2010 - 4:20

Não podes esquecer de indicar as fontes, as referências webgráficas.

15 valores

_________________
www.vertentes.pt.vu
avatar
Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 56
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15906

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Os filhos da droga" - Christiane F.

Mensagem por Zizi em Dom 14 Mar 2010 - 15:18

adorei este livro, nao so pla realidade que transmite mas tambem pla dureza que nos faz (a nos leitores) crescer, de algum modo
14 valores

Zizi
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 24
Idade : 25
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 23/09/2008
Pontos : 3387

Folha de personagem
Guardião secular:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Os filhos da droga" - Christiane F.

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum