Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

Soulsurfer, coragem de viver - Bethany Hamilton

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Soulsurfer, coragem de viver - Bethany Hamilton

Mensagem por joane em Sab 29 Maio 2010 - 10:12

1- Identificação do livro
1.1 - Soulsurfer, coragem de viver

1.2 - Bethany Hamilton

1.3 - Oficina do livro

1.4 - Junho de 2007



2 - Esolha do livro
2.1 - Escolhi o livro a partir do vertentes, uma colega minha já o tinha lido e ao tê-lo posto aqui, fiquei com curiosidade em lê-lo, talvez por ser uma história verídica e um testemunho de alguém com muita força de vontade.

3 - Contextualização do autor
3.1 - Bethany Hamilton nasceu em 1980, no Havai. Devido aos país também serem amantes do surf, Bethany habituou-se logo desde pequena a esta modalidade, tendo começado a praticar aos 7 anos. Já aos 14, foi atacada por um tubarão, e perdeu o braço esquerdo, depois de várias cirurgias e tratamentos voultou ao surf e é hoje uma das melhores atletas de surf, tento já ganho vários concursos intervanionais. Também em 2004 foi vencedora do Teen Choice Award para Adolescente Mais Corajoso.

3.2 - Ask Bethany
Storm
Crush
Devotions for the soul surfer


4 - Conteúdo do livro
4.1 - Autobiografia

4.2 - Este livro é como um testemunho de uma pessoa com grande vontade de viver e muito paixão pelo surf. A autora é também a protagonista, Bethany Hamilton, esta rapariga tem duas grandes paixões, Deus e o surf. Esta modalidade já era praticada pelos seus país, daí o contacto dela com o surf desde pequena. Bethany começou a praticar aos 7 anos, quando se pos pela primeira vez em pé numa prancha. No dia 31 de Outubro, uma manha de Halloween, Bethany saíu para surfar com uns amigos onde foi atacada por um tubarão, este arrancou-lhe o braço e a parte da frente da prancha, ela conta-nos que no principio não lhe doeu, e que o seu principal objectivo era chegar rapidamente á praia. Quando se apercebeu que tinha ficado sem um braço, logo começou a pensar que nunca mais iria poder praticar surf, pois para se por em pé em cima da prancha eram precisas duas mãos, mas estas ideias foram passadas para trás das costas quando tentou pela primeira vez, a seguir ao acidente, por-se em cima da prancha, a partir daí nunca mais parou de praticar. Bethany teve de lutar contra várias coisas, as más linguas das pessoas, o hábito a fazer as coisas só com um braço, e os média, que não a largavam por um segundo, era para sempre conhecida como a surfista a quem o tubarão tinha arrancado o braço.

4.3 - "E quando me perguntam, e os tubarões ? (...) encolho os ombros e tento não pensar nisso. Senceramente, isto não é falsa coragem. Pensar constantemente no que pode correr mal tira toda a alegria ao desporto. Além disso, é como perguntar, e se a montanha russa descarrila ? E se o cavalo te atira ao chão ? E se levas com uma bola de basebol ou de golfe ? Ou com um disco de hóquei na cabeça ? E se chocas com a bicicleta, ou és atropelado quando fazes jogging ? Ou partes o pescoço numa queda ? (...) A vida é cheia de "ses" e não podes deixar que isso te impessa de fazer o que quer que seja. Senão nem consegues viver..passas pelas coisas, mas sem as seintires"

"Muitas coisas más acontecem às pessoas. É a vida. E este é o meu conselho: não ponham a vossa esperança e a vossa fé em algo que pode desaparecer rápida e facilmente. E, honestamente, isso é quase tudo."

"Então como é que eu sei que Deus está comigo ? É como uma cadeira. Nós temos fé nas cadeiras sempre que nos sentamos. Confiamos que elas cumpram a sua função e aguentem com o nosso peso. Ora, se tu nunca tivesses visto uma cadeira antes, não irias ter muita fé nelas. Mas depois de te sentares e tudo correr bem, passas a acreditas que as cadeiras vão sempre aguentar o teu peso. No entanto, se uma cadeira se partir quando te sentares, isto pode fazer com que percas a fé nas cadeiras durante uns tempos. Sempre que te sentares vais pensar, será que ela aguenta comigo ? Até correres o risco de te sentares, nunca vais conseguir confiar. Mas se te sentares e tudo correr bem, então, passado um tempo vais voltar a confiar nas cadeiras sem medo."

4.4 - Adorei, o livro cativou-me tanto que em dois dias o li. É uma mensagem de uma pessoa positiva, que não desiste dos seus sonhos e da sua paixão, o surf. Faz-nos parecer pequenos, como conseguimos achar que temos grandes problemas, que eles são muito importantes e que não somos capazes de os resolver, se uma rapariga ficou sem um braço e não desistiu, nunca disse, eu não sou capaz, nunca se lamentou e continuou a praticar surf ? É um testemunho de uma enorme força de vontade e coragem, leiam Smile

avatar
joane
Letra
Letra

Número de Mensagens : 5
Idade : 24
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 23/10/2008
Pontos : 3340

Folha de personagem
Guardião secular:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Soulsurfer, coragem de viver - Bethany Hamilton

Mensagem por Filipe Azevedo em Dom 6 Jun 2010 - 14:25

15

_________________
www.vertentes.pt.vu
avatar
Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 56
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15905

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum