Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

Os Lusíadas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os Lusíadas

Mensagem por Alexsandra em Qua 23 Jun 2010 - 15:01

Antes de tudo peço desculpa pelo erro que cometi mas aqui está o trabalho.


Ficha de leitura
Antes de ler o livro





1. Identificação do Livro


1.1. Título:
Os Lusíadas


1.2. Autor (a):
Luís Vaz de Camões


1.3. Editora:
Editora Klick


1.4. Data da Edição:Sem data de edição

2. Escolha do livro
2.1. Motivos que levaram à escolha do livro

É um livro que cai no vestibular, depois que você ler, ficará um pouco fácil
de interpretar e apresentar melhor outro livro, por isso a escolha do livro.


Após a leitura do livro

3. Contextualização do Autor



3.1. Alguns dados biográficos:


Pouco se sabe com segurança sobre a vida de
Luís Vaz de Camões. O autor

nasceu, provavelmente, na cidade de Lisboa, por volta do ano de 1525.

Estudou na universidade de Coimbra, um dos mais conceituados centros de
estudo em toda a Europa. Deve ter tido uma educação esmerada, apesar de
pertencer à camada menos abastada da corte portuguesa.
Supõe-se que tenha estudado no Convento de Santa Cruz, no qual
trabalhava Dom Bento de Camões, seu tio. Lutando contra os mouros, na
investida portuguesa em Ceuta, em 1549, perdeu a vista direita, motivo
pelo qual futuramente suas imagens sempre mostrariam o autor com um
tapa-olho. Foi preso em 1552 por se envolver em uma briga com um
oficial da corte. Durante os nove meses em que passou na cadeia começou
a escrever Os Lusíadas.
Livre, embarcou para o Oriente, em 1553, a serviço militar.
Viver na miséria

em Goa e em Moçambique durante 16 anos e chegou a ter o seu Auto de
Filodemo representado na Índia, Graças à ajuda financeira de amigos,
voltou a Lisboa, em 1569. Data desse período de dura peregrinação pelas
colônias ultramarinas portuguesas a imagem de Camões que os românticos
haveriam de perpetuar: a do poeta miserável, exilado e saudoso de sua
terra, sofrendo humilhações no cotidiano e escrevendo os mais sublimes
versos como vingança.

A conhecida história de seu relacionamento
com Dinamene, a companheira

chinesa do poeta, reforça essa imagem. Navegando pelo rio Mecon, na

Indochina, o casal sofreria um naufrágio. Diz a lenda que Camões teria
conseguido salvar a si e aos manuscritos de “Os Lusíadas”, enquanto
Dinamene morria afogada. Camões dedicaria à amada morta vários de seus
poemas líricos, procurando elevá-las às mesmas alturas de Laura, de Petrarca,

ou da Beatriz, de Dante. Retornando a Portugal, conseguiu publicar, em
1572, sua obra “Os Lusíadas” e passou a viver de uma modesta pensão
oferecida por Dom Sebastião, o rei de Portugal, a quem dedicou seu
poema épico. Ele morreu em 1580.




3.2. Outras Obras do (a) Autor (a):

Poemas Líricos:
1595 - Amor é fogo que arde sem se ver
1595 - Eu cantarei o amor tão docemente

Teatros:
1587 - El-Rei Seleuco.
1587 - Auto de Filodemo.



4. Conteúdo do Livro


4.1. Gênero Literário:
Epopeia


4.2. Assunto (breve síntese):

Baco o mais ferrenho inimigo teme que com a chegada dos
portugueses, pois a fama dele poderá ficar em risco, então, ele trama traições
contra os portugueses na costa oriental África. Mas Vênus e Marte os defendem.
Chegando a Moçambique, Baco está à espera com suas
armadilhas, mas Vênus vai reclamar para o chefe do Olimpo, que envia Mercúrio
para que os habitantes de Melinde recebam bem os portugueses, chegando lá o rei
pergunta sobre a história do país de Vasco de Gama. Então ele começa a explicar
como é o país, e conta o episódio de Inês Castro, uma história trágica que
depois de morta vira rainha.
Vasco de Gama é encarregado para organizar a armada para a
Índia.Começa o episódio do Gigante Adamastor, que simboliza os
perigos naturais, ele é um ser apaixonado pela Tétis, uma ninfa que rejeita e o
humilha. Voltando a viagem de Gama que encerra seu relato ao rei de Melinde com
um elogio, então, seguem viagem com a ajuda do rei.Fernão Veloso narra a história dos Doze de Inglaterra doze
cavaleiros portugueses que vão para Inglaterra duelar com doze ingleses que
vencem para defender a honra de doze inglesas.
Voltando a história Baco e Netuno se une, para destruir os
portugueses. Netuno desencadeia os ventos formando uma tempestade, só que Vênus
e das Nereidas impede-o com seus encantos.Paulo de Gama apresenta uma história sobre os grandes heróis
portugueses. Agora é a vez de Baco que instiga os chefes locais contra os
portugueses.




Vasco de Gama é detido e tem que pagar para poder ser
libertado, assim, ele resolve partir mesmo correndo risco de ser preso
novamente.

No meio do caminho encontram umas ilhas maravilhosas, preparadas por
Vênus que seria uma recompensa por seu heroísmo.As ninfas aguardavam pelos portugueses e Vasco de Gama cabia
a própria deusa do mar, Tétis oferecendo um banquete a eles, assim, uma ninfa
canta profecias sobre Portugal. Gama vê a máquina do mundo que seria uma visão
que só os deuses podiam ter, Tétis aponta regiões do mundo onde os portugueses
obteriam glórias. Finalmente eles voltam ao Portugal numa viagem calma e feliz.
O poeta encerra lamentando o estado do país.






4.3. Citações favoritas (se necessário,
explicadas no contexto):



"No mar tanta tormenta e tanto dano
Tantas vezes a morte apercebida
Na terra tanta guerra, tanto engano,
Tanta necessidade aborrecida
Onde pode acolher-se um fraco humano
Onde terá segura a curta vida,
Que não se arme e se indigne o céu sereno
Contra um bicho da terra tão pequeno?"

Ele fala que tanto no mar como na terra a dificuldades que o homem tem que enfrentar,
pois só assim ele terá uma segura e curta vida e, comparando com o universo o
homem é um ser vivo tão pequeno.


4.4. Opinião sobre o livro
Luís de Camões escreveu a maior epopeia da
língua portuguesa, a obra, acima

de tudo retrata o forte crescimento do humanismo, as navegações

portuguesas e as conquistas de terras novas feito pelos portugueses.

Alguns estudiosos garantem que Camões conseguiu escrever sobre
as expedições marítimas no século XIX, pois assim teve palco para uma

grande história.
“Os Lusíadas” traduz em versos toda a história do povo português em
suas conquistas.



Alexsandra

Francieli
Jackson
Keller
avatar
Alexsandra
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 29
Idade : 24
Localização : São Paulo
Data de inscrição : 17/04/2010
Pontos : 2938

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Lusíadas

Mensagem por alexandre(hiro) em Qua 23 Jun 2010 - 15:50

fico feliz por ter compreendido a situação, e ter refeito o trabalho.
Enfim, torno a falar que fiquei surpreso pela escolha do livro.
A apresentação, exige muita atenção, por ser cheio de detalhes e complexidade.

Mas de forma geeral, uma boa apresentação.
Bom... como eu já havia lido o seu trabalho antes, o serviço foi apenas de ler o resumo... e o resultado é uma boa apresentação

A nota do trabalho é 13 (6.5).

Parabéns pelo trabalho e pela iniciativa de refazer o trabalho.
avatar
alexandre(hiro)
"Best Seller"


Número de Mensagens : 496
Idade : 26
Localização : Brasil
Data de inscrição : 22/02/2008
Pontos : 5557

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum