Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

Fight Club

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Fight Club

Mensagem por Fernando Amorim em Qui 6 Jan 2011 - 16:05

1. Identificação do Livro

1.1. Título : Fight Club
1.2. Autor(a) : Chuck Palahniuk
1.3. Editora : Owl Books
1.4. Data da Edição :2004

2. Escolha do livro

2.1. Motivos que levaram à escolha do livro
Escolhi este livro porque para além de ter sido a partir deste livro que foi realizado o meu filme favorito, o livro é uma dura critica à sociedade consumista e à geração que foi criada pela imagem perfeita ou seja uma geração onde foi transmitida a ideia que todos seriam milionários, estrelas de rock ou celebridades... Resumidamente é uma critica à imagem perfeita criada pela sociedade ao qual todos nós tentamos chegar um dia embora seja impossível.

3. Contextualização do Autor
3.1. Alguns dados biográficos

Charles Michael Palahniuk nasceu a 21 de Fevereiro de 1962 em Pasco, Washington.
Cresceu e viveu em Burbank até a separação dos seus pais.
Estudou na universidade de jornalismo de Oregon graduando-se em 1986.
Após se graduar mudou-se para Portland onde começou a escrever para um jornal local.
Em 1988 demitiu-se do seu cargo de jornalista indo trabalhar para um hospício.

3.2. Outras Obras do(a) Autor(a)

4. Conteúdo do Livro

4.1. Género Literário : Romance/Satirical novel

4.2. Assunto (breve síntese)

Narrator(não é divulgado o seu nome no livro) é um jovem com uma vida estável, mas monótona, que se sente incapaz de dormir devido à ansiedade de se libertar dessa mesma vida. Para tal, decide recorrer a grupos de apoio, tentando encontrar respostas para os seus problemas, sem qualquer sucesso.

Entretanto, conhece Tyler Durden , que é o oposto do Narrator ,que pensa que a realização pessoal é para os fracos, e que é a autodestruição que dá "graça" à vida. Num parque de estacionamento de um bar, Narrator e Tyler acabam por se envolver numa luta, e ficam com a sensação de um poder imenso.

Então decidem criar o Fight Club, um clube com o intuito de homens travarem lutas entre si, servindo como uma terapia para os seus problemas.

4.3. Citações favoritas (se necessário, explicadas no contexto)

Novamente li o livro em inglês por isso todas as citações estarão nessa língua.

"This is your life, and it's ending one minute at a time." - Narrator

" If you wake up at a different time, in a different place, could you wake up as a different person?" - Narrator

"Fuck damnation, man! Fuck redemption! We are God's unwanted children? So be it!" - Tyler Durden

"I am Joe's smirking revenge." - Narrator

"We've all been raised on television to believe that one day we'd all be millionaires, and movie gods, and rock stars. But we won't. And we're slowly learning that fact. And we're very, very pissed off." - Tyler Durden

"The things you own end up owning you." - Tyler Durden

"After fighting, everything else in your life got the volume turned down." - Narrator

"With insomnia, nothing's real. Everything's far away. Everything's a copy of a copy of a copy" - Narrator

4.4. Opinião sobre o livro

Passou a ser a ser o meu livro favorito, achei a relação entre o Narrator e o Tyler muito interessante. Na minha opinião este livro tem dos melhores "twists"(não sei o termo certo em português) que alguma vez li.
Spoiler:
A descoberta que o Narrator foi o Tyler o tempo todo, deu um impacto genial ao livro pois não é algo que se esteja à espera.

Comparando com o filme, na minha opinião, o livro é melhor pois dá outra "realidade" à historia. Por exemplo
Spoiler:
No filme, quando o Narrator descobre que é o Tyler e tenta desligar uma das bombas, a luta entre ele e o Tyler é menos intensa que no livro. No filme apenas fica com uns golpes ao contrario do livro em que fica com um buraco na cara.
Já no fim, no filme o Narrator vê os prédios em volta de onde ele estava a serem destruídos ficando com a Marla. Já no livro é levado para um hospício pensando que está no paraíso, com o seu rosto totalmente desfigurado, parecido com o Joker da serie Batman para dar uma pequena ideia.
Na minha opinião as lutas no Fight Club (o clube criado no livro) são uma metáfora para as inseguranças que colocamos em nós mesmos e que devemos lutar contra elas.
Em geral como dá para perceber adorei o livro, e aconselho piamente a todos pois como já disse dá-nos uma ideia totalmente diferente da sociedade onde vivemos e que não é o dinheiro que temos na carteira, o nosso trabalho, ou qualquer bem material que faz de nós pessoas melhores. Mas sim o que somos realmente é que importa.

Fernando Amorim
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 23
Idade : 23
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 26/11/2010
Pontos : 2361

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fight Club

Mensagem por Filipe Azevedo em Dom 16 Jan 2011 - 8:13

Deste livro apenas conhecia o filme. É realmente uma obra muito filosófica e bastante perturbadora. A tua apresentação revela isso mesmo.

O que há a melhorar? O mais evidente é a ausência de referências bibliográficas ou webgráficas da informação usada. Também o comentário de algumas citações (outras falam por si). O aspecto já está bastante cuidado e (também, és especialista nisso) explora bastantes recursos do fórum, mas penso que farás ainda melhor.

Parabéns pelo cuidado com a correcção escrita que já está muito bem.

17 valores

_________________
www.vertentes.pt.vu

Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 55
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15593

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum