Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

Não matem o bebé

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Não matem o bebé

Mensagem por Cassandra Veiga em Ter 22 Mar 2011 - 9:23

Antes de ler o livro


1. Identificação do Livro

1.1. Título-Não matem o bebé
1.2. Autor- Kenzaburo Oë
1.3. Editora- Civilização
1.4. Data da Edição- 1973


2. Escolha do livro

2.1. O título " Não metem o bebé", chamou totalmente a minha atenção apesar de a capa ser feia. Queria saber qual a razaão de aquele título.


3. Contextualização do Autor

3.1.Kenzaburo Oe nasceu em 1935, em uma vila cercada por florestas de Shikoku, uma das quatro principais ilhas do Japão. Oe começou a escrever em 1957, quando ainda era um estudante de literatura francesa na universidade. Crise atingiu vida Oe ea literatura com o nascimento de seu primeiro filho, Hikari. Hikari was born with a cranial deformity resulting in his becoming a mentally- handicapped person. Hikari nasceu com uma deformidade craniana que resulta em ser uma pessoa mentalmente deficiente.

Autor do Livro

Capa do Livro


3.2." Uma questão pessoal"; "Hiroshima Notes"; " O grito silencioso"


4. Conteúdo do Livro

4.1. Drama.


4.2. Este livro conta a história real do autor deste livro que teve um filho que nasceu deficiente. E para ter uma resposta a esse acontecimento escreveu um livro acerca disso. O seu primeiro filho nasceu com uma deficiência a que se chamava duas cabeças, pois o bebé possuía um inchaço enorme na cabeça e a sua cara era tão vermelha que parecia que ia explodir. Foi um caso tão raro que transferiram o bebé para um Hospital Universitário, onde o bebé veio a ser operado. Mas passarinho ( personagem) não sabia se era mesmo aquilo que ele queria, ou seja, o bebé podia morrer, porque se não acontecesse passarinho teria de gastar as suas poupanças na operação. E ele que tinha poupado aquele dinheiro com tanto orgulho e custo para sua viagem a África, estava quase a completá-lo. Mas preferiu que o seu filho ficasse em bom estado, prometera isso à sua mulher.
Após a operação, o filho de passarinho iria ser finalmente um bebe normal, o que deixou-o muito mais descansado, apesar da sua viagem a África ter sido adiada!!

4.3. ""O maricas viu-me a contemplar a minha imagem na montra como se tivesse à espera de alguém e tomou-me por um prevertido". Era um equívoco humilhante, mas, dado que o maricas tinha reconhecido o seu erro mal o Passarinho dera meia-volta, a honra deste encontrava-se salva. Agora gozava a comicidade do encontro. Olá! - nenhuma saudação poderia ter sido mais apropriada para o momento; o maricas devia ter ficado com uma grande cachola!
Passarinho sentiu uma onda de ternura pelo rapaz mascarado de mulher."Conseguirá ele encontrar esta noite um parceiro com quem fazer ninho? Eu próprio talvez tivesse coragem de fazer a vontade.""

******************
"Passarinho olhou para a cesta do bebé que tinha debaixo do braço. Agora era como uma cova vazia que fora desnecessariamente aberta. Tudo o que restava dentro do cesto era um cobertor dobrado, um pouco de algodão em rama e um rolo de gaze. O sangue no algodão e na gaze, embora ainda que um vermelho-vivo, já não evocava a imagem do bebé jazendo ali com a cabeça ligada, aspirando pequenas porções de oxigénio através de tubos metidos no nariz. Passarinho não conseguia recordadr precisamente o que havia de grotesco na cabeça do bebé, ou brilho difuso da membrana de gordura que cobria com uma luva a sua pele afogueada. Nesse instante até, o filho estava a afastar-se dele, a ficar para trás, a toda a velocidade. Passarinho sentiu uma mistura de alívio culposo e de medo insondável. Pensou : "Não tarda que eu esqueça completamente o bebé, uma vida que saiu da treva infinita, esteve suspensa nove meses no estado fetal, provou algumas horas de cruel desconforto e voltou a descer à treva definitiva e infinita."

4.4. Gostei muito do livro. É impressionante como esta história tenha sido mesmo real, seria um pesadelo para qualquer casal. Este livro mostra a coragem deste autor, porque se ele fosse uma pessoa cruel teria deixado aquele bebé, que era seu filho morrer naquela clínica. É um óptimo livro.


Última edição por Cassandra Veiga em Ter 7 Jun 2011 - 7:36, editado 1 vez(es)

Cassandra Veiga
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 20
Idade : 21
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 26/01/2011
Pontos : 2336

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não matem o bebé

Mensagem por Filipe Azevedo em Seg 4 Abr 2011 - 13:26

Penso que ainda falta completar esta ficha, não é verdade?

_________________
www.vertentes.pt.vu

Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 55
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15593

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não matem o bebé

Mensagem por Cassandra Veiga em Seg 4 Abr 2011 - 13:44

Olá! Sim, professor falta meter as citações e já estou a tratar disso Wink

Cassandra Veiga
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 20
Idade : 21
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 26/01/2011
Pontos : 2336

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não matem o bebé

Mensagem por Filipe Azevedo em Seg 4 Abr 2011 - 13:46

Cá te esperamos.

_________________
www.vertentes.pt.vu

Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 55
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15593

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não matem o bebé

Mensagem por Cassandra Veiga em Ter 7 Jun 2011 - 7:37

Stor, já pode avaliar o livro, Obrigada!

Cassandra Veiga
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 20
Idade : 21
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 26/01/2011
Pontos : 2336

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não matem o bebé

Mensagem por Filipe Azevedo em Ter 14 Jun 2011 - 9:35

15

_________________
www.vertentes.pt.vu

Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 55
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15593

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Não matem o bebé

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 0:50


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum