Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

Nunca me esqueças - Lesley Pearse

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Nunca me esqueças - Lesley Pearse

Mensagem por Sónia em Dom 22 Maio 2011 - 9:58


1. Identificação do Livro
1.1. Nunca
me esqueças

1.2. Lesley Pearse
1.3. ASA
1.4. 4ª edição: Novembro de
2009

2. Escolha
do livro

2.1. O livro foi-me recomendado pela minha mãe, ela disse que era
uma história muito bonita e um pouco emocionante, acabei por ficar curiosa e
decidi começar a lê-lo.





3. Contextualização do Autor



3.1. Lesley Pearse vive no Reino Unido. A sua mãe morreu quando
tinha apenas 3 anos. O seu pai era marinheiro e só voltou 3 anos após a morte
da mãe. Nesses três anos Lesley e o seu irmão estiveram em orfanatos. Os seus
livros são um retrato do que se passou na sua infância.



3.2. “Procuro-te”;“Segue o Coração Não olhes para trás”; “Belle”; “Ellie”

4. Conteúdo do Livro
4.1. Romance

4.2. Mary decidiu ir viver para Londres, para ter uma vida melhor. Em Londres, entrou por maus caminhos (roubos) onde fez com que o seu destino ficasse traçado por ter roubado um chapéu. Como pena Mary teve de partir para o outro lado do mundo. Durante a sua estádio no ‘Charlotte’, um dos barcos da frota que a levaria para a colónia de condenados na Austrália, Mary vendeu o seu corpo a um dos comandantes do navio para que pudesse ter algumas regalias (comida, peças de roupa) mas a sua grande paixão era o Capitão Tech. Mary casou-se com Will, para que juntos tivessem um vida melhor na colónia, teve uma menina e mais tarde um menino, fruto da sua relação com Will. Na colónia, Mary, era uma das pessoas mais prestigiadas pela sua inteligência e bondade. Ela, estava descontente com a sua vida ali, e sempre sonhou em sair de lá, por isso planeou a sua viagem de fuga juntamente com Will. Durante a viagem de fuga, enfrentaram muitas tempestades, fome e discussões mas Mary nunca sefoi abaixo pois tinha que proteger a saudade dos filhos. Quando chegaram a terra, Will, os seus filhos e os seus companheiros estavam doentes, acabando por falecer alguns incluídos os seus filhos. Foram descobertos como a chegada de uma frota vinda da colónia, e mandados para Londres onde Mary foi
libertada e voltou para a sua cidade Natal, a Cornualha.


4.3. – “Mary olhou para os seus olhos marejados de lágrimas. Quatro sorrisos corajosos, quatro corações afectuosos, todos eles, por muitas e diferentes razões, ocupando um lugar especial no seu. Haviam-se conhecido nos melhores e nos piores momentos. Haviam lutado, rido e chorado juntos. Agora tinha de partir e de aprender a viver sem eles.”



- “Olhe para elas para nunca se esquecer de mim.”



4.4. Achei a história maravilhosa, embora estivesse à espera de um
final melhor e diferente. O livro mostra-nos que se quisermos mesmo uma coisa
nós conseguimos, temos é de ter uma grande força de vontade.

Sónia
Rabisco
Rabisco

Número de Mensagens : 3
Idade : 21
Localização : setúbal
Data de inscrição : 05/12/2010
Pontos : 2230

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Nunca me esqueças - Lesley Pearse

Mensagem por Filipe Azevedo em Ter 14 Jun 2011 - 9:31

14

_________________
www.vertentes.pt.vu

Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 55
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15588

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum