Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

"Inveja"de Kathryn Harrison

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

"Inveja"de Kathryn Harrison

Mensagem por Márcia em Sab 18 Nov 2006 - 4:09

Título: Inveja
Autora: Kathryn Harrison
Editora: Editorial Bizâncio
Data da Edição:1ª Edição, Abril de 2006


Andei à procura de livros para ler e apresentar porque em casa não temos lá muito por onde escolher. Gostei deste, para não variar o que atraiu foi a capa e o título, claro! Não é sempre assim?

Não conheço a autora mas as criticas que estão no livro e que vejo na Internet são muito positivas. Já não falta muito para terminar e só não pus no fórum que já o estava a ler porque tive um tempo sem Internet.
avatar
Márcia
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 22
Idade : 27
Data de inscrição : 04/10/2006
Pontos : 4031

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Inveja"de Kathryn Harrison

Mensagem por Filipe Azevedo em Sab 18 Nov 2006 - 4:42

Acho que tens razão! Pelo menos durante uma determinda fase da nossa existência de leitores, acho que sim, que escolhemos pelo título e pela capa. Se assim não fosse, as editoras não investiriam tanto nessas duas aparências!

Mas ao fim de algum tempo começamos a perceber que os títulos e as capas são muitas vezes apenas uma estratégia de marketing. Começamos a sentir-nos enganados... É aí que passamos à segunda fase: procurar outras opiniões. E onde as encontramos? Na comunicação social (incluindo a internet). Isso serve-nos muito bem, porque ficamos com uma ideia do conteúdo do livro. Mas só durante algum tempo (a segunda fase da nossa existência de leitores Smile )! Depois começamos a descobrir que essas opiniões também são manipuladas pelas editoras...

Shocked

Aí, chega a hora da terceira fase da nossa existência...

Cool

_________________
www.vertentes.pt.vu
avatar
Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 56
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15906

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Inveja"de Kathryn Harrison

Mensagem por Rute em Sab 18 Nov 2006 - 8:55

lol!

eu devo tar entre a 1º e a 2º fase silent


Mas é verdade a capa chama mesmo a atenção! Very Happy
avatar
Rute
Trilogia
Trilogia

Número de Mensagens : 741
Idade : 28
Localização : Setubal - Portugal
Data de inscrição : 24/09/2006
Pontos : 4053

Folha de personagem
Guardião secular: Alexandria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Inveja"de Kathryn Harrison

Mensagem por Márcia em Ter 21 Nov 2006 - 14:25

Pois essa terceira fase é muito à frente ainda para mim, eu também não sou fanática dos livros, não tenho experiência nenhuma também. Mas não desgosto de ler.
Quando passo por livrarias ou locais que vendam livros dou uma olhada pelas capas, gosto delas e mesmo que a história não tenha nada a ver, o que acontece muitas vezes pelo menos tem uma capa gira, é um bocado estúpido mas enfim.. cyclops
Os livros têm o efeito igual ao da comida. Tipo, quando vejo algo com bom aspecto que seja comestivel, mesmo que digam que não presta eu vou experimentar. Mas se tiver uma aparência mázinha e mesmo sendo saboroso algumas vezes não me atrevo a experimentar é assim também com nos livros.
O empenho das editoras para capas atraentes funciona em mim, e acredito, em muitas mais pessoas. Bom para as editoras! Very Happy

Em breve estará aqui a apresentação, agora vim só mesmo cuscar e tirar as cosias que faltam para o teste de amanhã, aquilo é matéria que nunca mais acaba!!!Neutral
avatar
Márcia
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 22
Idade : 27
Data de inscrição : 04/10/2006
Pontos : 4031

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Inveja"de Kathryn Harrison

Mensagem por Márcia em Sab 2 Dez 2006 - 11:59

Contextualização do Autor




Kathryn Harrison escreveu os romances Thicker Then Water, Exposure, Poison, A Cadeira do Suplício e A Mulher Foca. Na sua obra autobiográfica contam-se O Beijo, Seeking Rapture, The Road to Santiago e The Mother Knot. Escreveu ainda uma biografia, St. Thérèse of Lisieux.Os seus ensaios apareceram, entre outras publicações, em The New Yorker e Harper’s Magazine. A autora vive em Nova Iorque com o marido, o romancista Colin Harrison, e os três filhos. Inveja é o seu décimo-primeiro livro.





Género Literário Romance



Assunto

O livro fala da vida de um psicólogo, Wiiliam Moreland. William é casado com Carole, eles tiveram dois filhos; um rapaz, Luke, que faleceu por afogamento e uma rapariga Samantha. Will costuma encontrar-se com antigos colegas da universidade a casa cinco anos (este era o 25º encontro), um género de festejo. Nessa festa ele encontra uma antiga namorada e, como é costume cada antigo aluno fazer um breve resumo de como foram os últimos cinco anos, Will viu o de Elizabeth, a sua antiga namorada e descobriu que ela tinha uma filha, filha esta que pelas contas dele foi gerada quando os dois namoravam. Ele quis dizer-lhe que queria saber se era sua filha a rapariga mas Elizabeth sentiu-se ofendida e gerou uma confusão. Passado certo tempo William começava a ter desejos eróticos com qualquer tipo de mulher, e por vezes, nas conversas com os seus pacientes excitava-se. Entretanto aparece uma nova paciente para Will com ares estranhos, cheia de tatuagens e piercing's que lhe fala de ter desejo sexuais por homens mais velhos e que os trata como objectos, depois de usa-los parte para outra conquista. Um dia essa sua paciente beija-o, Wiiliam incrédulo conta tudo à sua mulher e muda essa paciente para uma colega sua, mas esta continua a perseguir Will chegando mesmo a telefonar-lhe para casa.

Numa das suas consultas normais, William esperava por uma paciente já antiga mas ao invés desta aparece-lhe a tal rapariga que o beijou, despe-se e nega-se a sair do consultório dizendo que iria gritar que Will a tentou violar. Então William cedeu também devido aos seus desejos e aconteceu o inevitável. No final do acto a rapariga diz-lhe que é Jennifer, a filha de Elizabeth e que ele julgara ser sua filha. Acrescentou que na altura que a sua mãe namorava com William, esta andava com mais três homens ao mesmo tempo, um dos quais era seu irmão; Mitch Moreland. O seu irmão gémeo, que tinha uma única diferença de Will; Mitch tinha uma mancha lilás enorme que cobria metade da sua face e isso fazia-o sentir-se um anormal. Jennifer deu um pedaço do seu cabelo ao Will para este fazer o teste de paternidade, mas mesmo que desse positivo ele nunca saberia se era filha dele ou do seu irmão gémeo! Will sentiu-se muito mal e não teve coragem de contar a Carole. O que lhe chocou também foi o facto do seu irmão, que ele protegia quando eram jovens, ter-lhe traído e questionava-se por que razão ele desaparecera no dia do seu casamento com Carole. Então procurou antigas namoradas suas com quem Mitch também pudesse ter algum tipo de envolvimento na mesma altura, e tanto que procurou que achou. Num dos almoços com o seu pai, Will contou o que descobrira e o seu pai confessou-lhe o motivo por que Mitch tinha desaparecido; na noite de despedida de solteiros Mitch fez-se passar por Will com uma máscara e atraiu Carole da sua festa para o hotel onde estavam, quando Carole descobriu que era Mitch gritou que nem uma louca e foi para o quarto dos pais de Will e contou-lhes o que se passara. O pai de Micth e de Will mandou Mitch ir-se embora e não mais voltar, e foi o que este fez. Quando Will chegara a casa, falou do assunto com a mulher e esta mostra-lhe também uma mensagem de Jennifer que, entre comentários do que se passou entre os dois, garantiu-lhe que não era sua filha pois o actual marido de Elizabeth, ao descobrir a história, obrigou Jennifer a fazer o teste de paternidade e este deu positivo.


Citações favoritas

“Quer acreditar que o amor não pode cometer erros, mas o que sabe é que ele é como a água, que assume a forma do vaso, sempre imperfeito, que a contém.”

“(…), e numa vida à linhas divisórias intransponíveis. As coisas não se adicionam; não se ligam sem pausas; sucedem-se cronologicamente, uma após outra, sem obedecer a qualquer lógica mais importante de significado e sentido e, já agora, de aceitabilidade.”

Opinião sobre o livro


Foi interessante, mas houve certas coisas que não me agradaram. Por exemplo, a existência de muitas palavras inglesas, que só fazem sentido na própria língua, e com as (*) com a explicação no fim da folha, que certas vezes não ajudavam em nada, pois não conseguia perceber na mesma o porquê de estar ali. Acho que é para leitores mais experientes e que lêem muito. Tem assuntos para pessoas mais velhas, julgo eu, e com palavras caras também. Mas gostei da história - base; das descobertas, dos conflitos, dos incidentes... Não é o tipo de livro que, daqui a uns tempos, volte a ler, é mais daqueles que deixa-se na prateleira, ou melhor, que eu deixo na prateleira. Como não somos iguais, e até mesmo pelas criticas feitas a este livro, existe muita gente que o aprecia e considera sedutor, cativante, absorvente...


Última edição por em Sab 2 Dez 2006 - 16:07, editado 1 vez(es)
avatar
Márcia
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 22
Idade : 27
Data de inscrição : 04/10/2006
Pontos : 4031

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Inveja"de Kathryn Harrison

Mensagem por Filipe Azevedo em Sab 2 Dez 2006 - 12:25

Excelente!

Gelado Natal

Leitura registada!

Árvore Natal

_________________
www.vertentes.pt.vu
avatar
Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 56
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15906

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Inveja"de Kathryn Harrison

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum