Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

O cortiço - Aluísio de Azevedo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O cortiço - Aluísio de Azevedo

Mensagem por danilo aparecido castro s em Seg 27 Jun 2011 - 15:31

Antes de ler o livro

A principio, tínhamos a ideia de uma história misteriosa, obscura. O nome cortiço da essa impressão.

1. Identificação do Livro

1.1. Título: o cortiço
1.2. Autor (a): Aluísio de Azevedo
1.3. Editora: Paulus
1.4. Data da Edição: 2005


2. Escolha do livro

2.1. Motivos que levaram à escolha do livro

Nunca tinha lido este livro, no entanto, sabe-se que ele é muito conhecido por ser um clássico brasileiro. Além disso, Aluísio de Azevedo descreve bem o espaço da história, fazendo o leitor ter uma ideia muito próxima de como seria naquela época.

Após a leitura do livro:

Verificamos que, a história não se tratava de mistérios, muito menos de coisas sombrias. Ao contrario, o livro trata do comportamento humano, não tendo nenhum aspecto sobrenatural além dos sentimentos dos personagens que, em determinados momentos são mostrados pelo autor de forma tão minuciosa que acabamos sentindo quase a mesma coisa que a personagem.

3. Contextualização do Autor

3.1. Alguns dados biográficos:
O romancista Aluísio de Azevedo nasceu em São Luís, Maranhão em 14 de abril de 1857. Ele era considerado o pioneiro do naturalismo no Brasil. Fundador da cadeira número quatro da Academia Brasileira de Letras e crítico social, este escritor naturalista foi autor de diversos livros, entra eles “O cortiço”, considerado como sua maior obra.

3.2. Outras Obras do(a) Autor(a)

Uma Lágrima de Mulher, 1880;
O mulato, 1881;
Memórias de Um Condenado ou Condessa Vesper, 1882;
Casa de pensão, 1884;
Filomena Borges, 1884;
O homem, 1887;
O cortiço, 1890;
A Mortalha de Alzira, 1894;
Demônios, 1895;
O Bom Negro;
O Esqueleto, (participação de Olavo Bilac).
Casa de Orates;
Flor de Lis;
Caboclo;
Venenos que Curam;
República.•.
4. Conteúdo do Livro

4.1. Género Literário: romance

4.2. Assunto:

João Romão era empregado de uma antiga taberna, da qual de tornou dono após ter trabalhado muitos anos. Dai por diante sua ambição foi crescendo, e se junto com Bertoleza, uma escrava. João, para poder ficar com Bertoleza, forjou uma carta de alforria e assim fez dela uma companheira para sua ambição.
Dai por diante, João fez, de pouco a pouco, sua riqueza. Roubando materiais de construção à noite, cobrando a mais pelas mercadorias... Em pouco tempo já era dono do quarteirão, onde se criou varias estalagens, formando assim o cortiço de São João Romão.
Ao lado se mudaram Miranda e sua família, em busca de ares mais tranquilos. Miranda logo ficou com inveja de João, e teve a ideia de conseguir um titulo de Barão.
A estalagem de João era lotada, pois com a urbanização de Botafogo as pessoas necessitavam de um lugar para ficar hospedados, e já que a estalagem era perto de tudo, era a melhor opção para todos.
A essa altura João já era dono da pedreira, que ficava atrás do cortiço. E necessitando de funcionários experientes se deparou com Jeronimo.
Jeronimo era um português, que viera para o Brasil em busca de melhores condições de vida. Já trabalhava em pedreiras, e era conhecido por sua dedicação ao trabalho e por ser o melhor.
Foi contratado por João e foi morar no cortiço onde conheceu Rita Baiana, por quem ficou muito interessado. Aos poucos Jeronimo foi se habituando aos costumes brasileiros e foi ficando cada vez mais preguiçoso e mais apaixonado por Rita.
Miranda, então, se torna Barão e com isso desperta a inveja de João Romão. João para satisfazer seu desejo decide se casar com a filha de Miranda, se tornando uma pessoa importante.
Jeronimo arranja briga com o homem de Rita e sai ferido, porem após a saída do hospital Jeronimo se vinga desse homem e foge com Rita, largando sua família para amigar-se com uma brasileira.
Agora, para João conseguir o seu titulo ele tinha que se livrar de Bertoleza, para isso denuncia a escrava para policia. Vendo que seus esforços seriam inúteis, ela pega uma faca e tira sua própria vida.

4.3. Citações favoritas:
Entretanto, a rua lá fora povoava-se de um modo admirável. Construía-se mal, porém muito; surgiam chalés e casinhas da noite para o dia; subiam os aluguéis; as propriedades dobravam de valor. Montara-se uma fábrica de massas italianas e outra de velas, e os trabalhadores passavam de manhã e às Ave-Marias, e a maior parte deles ia comer à casa de pasto que João Romão arranjara aos fundos da sua varanda. Abriram-se novas tavernas; nenhuma, porém, conseguia ser tão afreguesada como a dele.
Esta citação demonstra algumas características interessantes da época, de como o Brasil crescia e se urbanizava. Já que naquela época o Brasil se encontra na Republica Velha, onde o assalaria começara a surgir, deixando para trás a escravidão.

4.4. Opinião sobre o livro:
No livro pode-se notar o conflito gerado pelo capitalismo, entre João e Miranda, além da influencia da cultura brasileira nos portugueses. A principal característica de Aluísio De Azevedo é demonstrar claramente cada personagem, cada característica diferente de uma forma minuciosa, para que o leitor possa imaginar com a personagem é.
Gostei muito do livro, porque a linguagem utilizada é simples e de fácil compreensão.

trabalho realizado pelos alunos:
Danilo Aparecido;
Bruna Maria;
Richard;
Kaique;
Roger.
[img][/img]

danilo aparecido castro s
Letra
Letra

Número de Mensagens : 8
Idade : 22
Localização : mogi das cruzes
Data de inscrição : 24/02/2011
Pontos : 2194

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O cortiço - Aluísio de Azevedo

Mensagem por alexandre(hiro) em Qua 29 Jun 2011 - 0:27

Achei bem interessante essa pequena introdução que o grupo colocou, em relação às expectativas e o que achou do livro.
Para mim, pelo contrário, não viria à mente com o título "O cortiço" algo como foi imaginado pelo grupo, já que o próprio título já sugere que haveria algo em relação ao cotidiano de uma urbanização e formas de vidas.
Contudo, gostei desse detalhe feito pelo grupo.
Faltou detalhar alguns itens mas uma ótima apresentação.
Nota 16 (8.0)

alexandre(hiro)
"Best Seller"


Número de Mensagens : 496
Idade : 25
Localização : Brasil
Data de inscrição : 22/02/2008
Pontos : 5207

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O cortiço - Aluísio de Azevedo

Mensagem por danilo aparecido castro s em Qui 30 Jun 2011 - 16:16

obrigado! espero que na próxima eu possa melhorar mais um poquinho. Very Happy

danilo aparecido castro s
Letra
Letra

Número de Mensagens : 8
Idade : 22
Localização : mogi das cruzes
Data de inscrição : 24/02/2011
Pontos : 2194

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O cortiço - Aluísio de Azevedo

Mensagem por Larissa Cristina Raimundo em Dom 21 Abr 2013 - 13:14

Essa obra é um clássico da literatura naturalista,
uma história que tem como assunto principal a questão social, e
econômica vividas e descritas pelos personagens.
Ótima história...

Larissa Cristina Raimundo
Ditongo
Ditongo

Número de Mensagens : 11
Idade : 20
Localização : Mogi das Cruzes - SP
Data de inscrição : 16/03/2013
Pontos : 1424

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O cortiço - Aluísio de Azevedo

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 0:50


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum