Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

A Dama das Camélias

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Dama das Camélias

Mensagem por Ana em Dom 19 Nov 2006 - 15:06

Muito bem, aqui está o novo livro que decidi ler: A Dama das Camélias de Alexandre Dumas filho.

Eu já li este livro, entre os dias 1 e 7 de Novembro, mas ainda não o vou apresentar.

Eu decidi apresentar este livro em vez de apresentar o "Hamlet" porque, apesar de ter achado o livro interessante, não achei que fosse o suficiente para o apresentar. Por isso decidi apresentar outro de que tivesse gostado mais.

Eu escolhi "A Dama das Camélias" porque o conhecia de nome mas não a sua história e por isso sentia alguma curiosidade de o ler, para saber de que tratava.

A apresentação completa do livro fica para breve.
avatar
Ana
Trilogia
Trilogia

Número de Mensagens : 561
Idade : 27
Data de inscrição : 19/09/2006
Pontos : 4024

Folha de personagem
Guardião secular:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Dama das Camélias

Mensagem por Ana em Qui 23 Nov 2006 - 15:43

Ora, aqui está a apresentação do livro:

Nome: Ana Filipa Costa
Nº, ano e turma: nº1 11ºG

Motivos da escolha do livro:
Apesar de já ter enunciado a razões que me levaram à escolha deste livro, resolvi incorporá-los nesta apresentação para ficar tudo junto.
Eu escolhi este livro, porque já o conhecia de título mas não conhecia a história. Por isso sentia-me curiosa. Não partiu de nenhuma sugestão de familiares nem amigos. Decidi apenas ler o livro e descobrir por mim própria de que tratava.

Título: A Dama das Camélias
Autor: Alexandre Dumas filho
Editora: Círculo de Leitores
Data de edição: 1979

Curiosidades sobre o livro:

O autor dá a entender que esta história é verdadeira, não só porque o narrador é participante nesta história, mas também porque afirma que tudo o que foi escrito pode ser comprovado pelas pessoas que deram o testemunho para este livro.
Aparentemente, a ópera La Traviata de Verdi, foi baseada neste livro.

Biografia do autor:

Nasceu em Paris a 27 de Julho de 1824, filho ilegítimo do escritor Alexandre Dumas (autor de obras como O Conde de Monte Cristo e Os Três Mosqueteiros, entre outras) e de uma costureira. Quando tinha 7 anos, o seu pai reconheceu-o legalmente e tirou-o da custódia da mãe. Este episódio serviu-lhe de inspiração em muitas obras, onde defendia a ideia de que se uma mulher tinha um filho ilegítimo , o pai devia legitimá-lo e casar com a mulher.
Em 1844, Alexandre Dumas filho mudou-se para Saint Germain en Laye, onde conheceu uma cortesã, Marie Duplessi, que lhe serviu de inspiração ao livro A Dama das Camélias.
Casa-se pela primeira vez em 1864, tendo uma filha deste casamento. Depois de enviuvar, volta a casar.
Em 1894 recebe a Légion d'Honneur, uma condecoração honorífica estabelecida por Napoleão Bonaparte.
Morreu a 27 de Novembro de 1895.

Outras obras do autor:

Para além da Dama das Camélias, o autor não tem mais obras de grande relevância, sendo a sua maioria peças de teatro. Aqui estão alguns exemplos:
O Filho Natural (peça)Atala (peça)

Não coloquei mais, visto os nomes estarem todos em francês. Existe também uma versão da Dama das Camélias em peça de teatro.

Género literário: Romance

Assunto:

Esta história tem como cenário principal a cidade de Paris, mais concretamente, a rua D'Antin nº 9, em meados do XIX.
Tudo começa com um leilão nesta rua, na casa de uma cortesã, Margarida Gautier, recentemente falecida, vitima de uma doença de peito. Nesse leilão, o narrador (que aparenta ser o próprio autor da obra) sente uma súbita necessidade de adquirir algo quando começa a ser licitado um livro, Manon Lescaut, que contem no seu interior uma dedicatória de um tal Armando Duval. O autor acaba por comprar este livro.
Pouco tempo depois desta compra, aparece em sua casa um homem que afirma ser Armando Duval, que lhe pede que lhe dê esse livro, para poder ter pelo menos uma recordação de Margarida Gautier. É então que lhe é pedido que explique a sua ligação com ela, visto o autor pensar que é apenas mais um homem que se tinha deixado encantar por esta rapariga.
Logo, Armando pouco diz sobre o assunto É só alguns dias mais tarde que finalmente relata toda a história, desde o momento em que viu Margarida pela primeira vez até ao dia em que recebe a noticia da sua morte. Descreve como, apesar de nunca lhe ter falado, se apaixonou por ela; como se emocionou quando, na sua primeira visita a casa dela,a viu tão doente; como mais tarde ela tinha abandonado a sua vida de cortesã para lhe ser inteiramente fiel e viverem juntos. No entanto e apesar de se amarem muito, acabam por se separar, graças a mal entendidos criados por outra pessoas, em especial pelo pai de Armando. Só se voltam a juntar uma última vez, mas como entretanto Margarida tinha voltado à sua vida como cortesã, acabam por se separar definitivamente. Quando Armando já se encontrava no estrangeito em viagem, recebe uma carta a anunciar a morte de Margarida.
O livro termina com as páginas do diário dela, escrito durante as suas últimas semanas de vida.

Citações preferidas:

" Sou de opinião que só é possivel criar personagens depois de conhecer bem os homens, assim como não se pode falar uma língua sem primeiro a estudar devidamente."

"Honrada gente que especulara com a prostituição dessa mulher, que ganhara com ela cem por cento, que perseguira com papéis os últimos momentos da sua vida e que vinha depois da sua morte colher os frutos dos seus honestos cálculos, juntamente com os juros do seu vergonhoso crédito."

"Sem que soubesse porquê, eu empalidecia e o coração batia-me com violência. Há um amigo meu que se ocupa de ciências ocultas e que chamaria ao que eu sentia a afinidade dos fluidos; simplesmente, creio que era meu destino apaixonar-me por Margarida e que já o pressentia."

Opinião sobre o livro:

Antes de mais, penso que devo explicar o porquê deste título, que mesmo para quem ler o resumo, não é óbvio. Durante os anos em que era cortesã, Margarida recebia sempre camélias, que durante maior parte dos dias do mês eram vermelhas e que a apartir do dia 21 eram brancas. Daí que as floristas a conhecem como a Dama das Camélias. Mesmo a sua campa, estava coberta de camélias, que Armando se encarregava de as mandar colocar.

Eu gostei muito do livro. Apesar de ser um clássico e de não ser um livro da nossa época, lesse muito bem. Penso que representa também a época romântica em que o livro foi escrito.
Aconselho a todos este livro. Para quem gosta de romances, penso que seja essêncial lerem esta história, pelo menos na minha opinião.
avatar
Ana
Trilogia
Trilogia

Número de Mensagens : 561
Idade : 27
Data de inscrição : 19/09/2006
Pontos : 4024

Folha de personagem
Guardião secular:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Dama das Camélias

Mensagem por Rute em Sex 24 Nov 2006 - 5:00

Anaaaaaaaa não conhecia o livro apenas o escritor....
E se queres que seja sincera, lol! não o lia por ter esse titulo!!
O livro pode ser muito bom, acredito que sim, ( e não se deve julga-los pela capa/titulo) =X
Mas aqui com a tua apresentação até deu vontade de ler. eu gostei =D
Acredita se o visse na prateleira n o pegava (ou talvez sim xD) é que n faz muito o meu genero Razz


beijinhO Like a Star @ heaven
avatar
Rute
Trilogia
Trilogia

Número de Mensagens : 741
Idade : 28
Localização : Setubal - Portugal
Data de inscrição : 24/09/2006
Pontos : 4031

Folha de personagem
Guardião secular: Alexandria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Dama das Camélias

Mensagem por Ana em Sex 24 Nov 2006 - 10:13

lol lol!

Pois, não é dos livros mais óbvios para se pegar. Mas eu gosto deste tiop de livros, em que o título não nos dá uma ideia de que trata a história. Geralmente, esses são os casos em que os livros são mais interessantes.
avatar
Ana
Trilogia
Trilogia

Número de Mensagens : 561
Idade : 27
Data de inscrição : 19/09/2006
Pontos : 4024

Folha de personagem
Guardião secular:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Dama das Camélias

Mensagem por Filipe Azevedo em Qua 29 Nov 2006 - 16:29

Leitura registada!

What a Face

_________________
www.vertentes.pt.vu
avatar
Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 56
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15884

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Dama das Camélias

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum