Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

Caetés de Graciliano Ramos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Leitor Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Tayna Paula Almeida em Qua 18 Abr 2012 - 11:31


Identificação do livro
Título: Caetés

Autor: Graciliano Ramos

Editora: Best Seller

Data da edição: Maio de 2011

Escolha do livro
Motivos para escolha do livro:

Primeiramente, escolhi o livro por se tratar de um romance e por, até então, não ter lido nenhuma obra do escritor brasileiro Graciliano Ramos. Acima de tudo o escolhi porque o autor da obra tenta refletir como se sente um indivíduo no meio de uma sociedade; mostrando como a sociedade o afeta. Essa característica é fundamental nas obras de Graciliano- mostrar como o ser social e o ser psicológico estão intimamente interligados, desvendando as relações entre indivíduo e sociedade. Esse aspecto chama-me muito a atenção, despertando meu interesse por esse tipo de obra.

Contexto do autor
Dados biográficos:

Graciliano Ramos nasceu em Quebrangulo, Alagoas, em 27 de Outubro de 1892. Passou a infância no interior de Alagoas e Pernambuco. Em 1914, foi para o Rio de Janeiro, onde trabalhou como revisor tipográfico. Estabeleceu-se em Palmeira dos Índios, Alagoas, onde passou a se dedicar ao comércio e ao jornalismo. Elegeu-se prefeito da cidade de Palmeira dos Índios em 1927. Foram os relatórios que escreveu ao governador do estado na época que chamaram a atenção dos editores para seu talento literário. Em 1936, foi preso sob acusação de ser comunista – foi submetido a constrangimentos morais e teve sua saúde seriamente abalada nas prisões por onde passou. Foi libertado em 1937, fixando-se no Rio de Janeiro e passando a colaborar na imprensa e a trabalhar como inspetor federal do ensino secundário. Em 1925, redigiu seu primeiro romance, Caetés, que foi publicado em 1933. Graciliano foi um grande romancista, destacando-se como o principal romancista da Segunda Fase Modernismo brasileiro. Período este que buscava denunciar e analisar os problemas sociais do país. Graciliano Ramos faleceu em 20 de Janeiro de 1953, no Rio de Janeiro.

Outras obras:

São Bernardo (1934); Angústia (1936); Vidas Secas (1938); Histórias de Alexandre (1944); Infância (1945); Histórias incompletas (1946); Insônia (1947); Memórias do cárcere (1953); Viagem (1954); Linhas tortas (1962); Viventes das Alagoas (1962); Cartas (1980) e Cartas de amor a Heloísa.

Conteúdo do livro
Gênero literário: Romance

Síntese:

João Valério foi jantar na casa de seu amigo Adrião. Ao se aperceber que estava sozinho com Luísa, esposa de Adrião, ele lhe deu dois beijos no pescoço enquanto ela se abaixava para mostrar uma passagem do livro que lia.

Luísa ficou indignada e começou a chorar. João revelou a ela que fazia três anos que estava apaixonado e não agüentava esconder mais seu amor.

Ele foi embora e não voltou mais a freqüentar a casa de Adrião.

Durante as noites, João só pensava no que havia feito e em seu amor por Luísa.

João era bibliotecário, trabalhava para seu amigo Adrião. Por isso ficava muito apreensivo todos os dias com medo de que Luísa contasse algo.

João morava na pensão da d. Maria José, onde passava o tempo com seus amigos e escrevendo seu romance, o qual era intitulado Caetés.

Naquela época era de costume se reunir na casa de um amigo para jantar e passa o tempo. João fazia muito isso, reunindo-se as quintas e aos domingos na casa de Adrião. Por isso, pensava se ia ou não voltar a freqüentar a casa dele.

Para não pensar muito em seu amor por Luísa, João começou a fantasiar com Marta, uma moça interessada em casar com ele.

Passou se uns dias e João voltou a freqüentar a casa de Adrião. Ele passava horas observando Luísa. Tentava explicar o que sentia, mas Luísa pedia para que esquecesse o que havia acontecido.

João até tentou esquecê-la, mas não conseguia. Praticamente todos os dias eles se viam o que dificultava esquecê-la.

Para distrair a cabeça ele saia caminhar um pouco pelas ruas ou escrevia algumas linhas em seu livro que havia parado no segundo capítulo.

A noite ele sempre pensava em Luísa e no jeito brusco com que o tratava.

Passou alguns meses, Adrião viajou a negócios. João aproveitou sua ausência para tentar falar com Luísa.

De noite ele foi à casa de Luísa. Enquanto esperava ela vir, ficou muito nervoso e receoso pensando no que iria dizer.

Luísa sentou-se um pouco afastada de João. Ele perguntou se tinha feito algo a ela. Disse que não e o que aconteceu deveria ser esquecido.

João pegou as mãos de Luísa e se declarou a ela, dizendo que nunca amou a ninguém como ele a amava e que não dava mais para esquecê-la.

Luísa disse que não poderia abandonar seu casamento. Ela se levantou nervosa, mas estava tão abatida que voltou a sentar-se.

João ficou comovido ao ver os olhos de Luísa encherem-se de lágrimas. A respiração dele ficou ofegante, pediu um beijo a Luísa. Sem pensar, soltou as mãos dela e agarrou-a fortemente como um selvagem e beijou-a. sem perceber, Luísa cedeu à tentação e entregou-se a João. De madrugada ele foi embora se precavendo para que ninguém o visse.

Adrião ficou fora uma semana. Enquanto isso, João ia todas as noites a casa de Luísa.

Certo dia João foi a casa dela falar que iria embora da cidade, pois receava prejudicá-la, e que daquela forma não dava para continuar.

Luísa começou a chorar, dizendo que era só uma desculpa para se afastar. João a abraçou e foi embora. No caminho para a pensão encontrou com seu amigo Isidoro. O amigo disse que ouviu alguns boatos sobre ele e Luísa. João afirmou que era mentira. Isidoro o aconselhou a parar de ir à casa de Adrião para que não se levantasse suspeitas. João disse que isso não era necessário, visto que não tinha nada com Luísa.

Adrião voltou para a cidade. Ele recebeu uma carta anônima onde dizia que sua esposa, Luísa, e seu empregado, João Valério, estavam tendo um caso.

Adrião mostrou a carta à João e perguntou se era verdade o que estava escrito. Ele afirmou que não era verdade.

Adrião, desconfiado, disse que nunca esperou algo assim, pois João era como um filho para ele.

João foi despedido do armazém. Adrião o aconselhou a ir embora da cidade para que as pessoas não ficassem comentando.

João saiu, andou pelas ruas e parou num bar para embriagar-se.

Na manhã seguinte, Isidoro bateu a porta do quarto de João. João falou a seu amigo o que havia acontecido. Debruçado na janela, Isidoro viu pessoas correndo em direção a casa de Adrião. Isidoro e João saíram para ver o que estava acontecendo.

Adrião havia tentado se suicidar, mas o tiro acertou o pulmão.

Adrião demorou oito dias para morrer. Durante dois meses, João afastou-se de Luísa. Decidiu retornara casa dela para resolver o que fariam.

Ao encontrarem-se, Luísa falou que tudo o que sentia por ele já não existia mais; em partes devido ao descaso que João demonstrou depois da morte de Adrião. João disse que ficou com medo e revelou que seu amor por ela já não era mais o mesmo. Eles despediram-se decididos a acabar com tudo.

Passou-se três meses, João tornou-se sócio do armazém que era de Adrião; um cargo que ele sempre almejou. Parou de escrever seu romance, pois ele achava que um homem de negócios não deveria se envolver com coisas de arte. João seguiu sua vida longe de seu amor que um dia foi Luísa.

Citações:

1ª Citação: “Soltei-lhe as mãos, agarrei-lhe a cabeça, beijei-a na boca, devagar e com voracidade. Apertei-a, machucando-lhe os peitos, mordendo-lhe os beiços e a língua. De longe em longe interrompia este prazer violento e doloroso, quando já não podia respirar. E recomeçava. As mãos dela prendiam-me, através da roupa leve eu lhe sentia a vibração dos músculos. Não tive consciência do tempo decorrido naquela noite: guardo a lembrança de que o relógio, no salão vizinho, bateu mais de uma vez.”

2ª Citação: “E, aproximando-se, falando-me quase ao ouvido:

- É que desapareceu tudo.

- Tem certeza? perguntei levantando-me.

E percebi logo que a pergunta era idiota.

- Eu estava com algum escrúpulo, continuou Luísa. Talvez o Valério ainda fosse o mesmo. Estou agora tranqüila. Nenhum de nós sente nada, e o Valério finge tristeza. Para que mentir?

- Faz pena, murmurei comovido.

E tentei adornar Luísa com os atributos de que a tinha despojado.

- Para que?refleti. É melhor assim.

Eu agora era um pequenino João Valério, guarda-livros mesquinho.

Adeus, gemi.

Apertei-lhe a Mao, fria, mas os dedos permaneceram inertes sob a pressão dos meus. Quis beijá-los – faltou-me o ânimo.

- Adeus.

Fui até a porta da saleta, voltei-me ainda uma vez. Luísa soluçava, caída para cima do piano. Vacilei um instante e depois saí.”

Opinião: O autor faz com que a história fique interessante por usar elementos importantes. Por exemplo, Graciliano usa a observação do cotidiano e das relações sociais e humanas para dar vida a seus personagens. Por meio de sua obra ele mostra que o ser social e o ser psicológico estão intimamente interligados.

Por meio do personagem João Valério,ele explora não o que afeta o coletivo, e sim como repecurti no indivíduo a vida da cidade como um todo. Além disso, através de Luísa, Graciliano, denuncia um problema muito comum no mundo: a pobreza.

É interessante notar que Graciliano não usa tanto o sentimentalismo a favor da objetividade e clareza. Essa obra me chamou a atenção não só por ser um romance, mas também por mostrar como um único individuo se adapta a sociedade.

Nome: Tayna Paula

Prof ª: Nilse


















Tayna Paula Almeida
Argumento
Argumento

Número de Mensagens : 52
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 18/04/2012
Pontos : 1900

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por alexandre(hiro) em Qui 26 Abr 2012 - 23:34

Olá alunos da professora Nilse, da Escola "Dr. Sentaro Takaoka".
Aproveito o momento para dar as boas vindas e oferecer ajuda em qualquer dúvida referente ao Fórum. Estarei disponível para tirar dúvidas, aconselhar e para, a convite da professora, avaliar os trabalhos feitos por vocês.
Este ano, pretendo ajuda-los na preparação para o "pós-ensino médio", descrevendo as minhas experiências e ajudando-os com os meus conselhos.

Quanto ao trabalho, a note é 16 (8.0)

CUIDADO com a fonte que utiliza para fazer seus trabalhos, pois, esta fonte dificulta a leitura!!!

alexandre(hiro)
"Best Seller"


Número de Mensagens : 496
Idade : 25
Localização : Brasil
Data de inscrição : 22/02/2008
Pontos : 5202

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Tayna Paula Almeida em Sex 27 Abr 2012 - 6:14

Obrigada pela nota e agradeço pela dica.Very Happy

Tayna Paula Almeida
Argumento
Argumento

Número de Mensagens : 52
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 18/04/2012
Pontos : 1900

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Karina Oliveira em Sex 27 Abr 2012 - 6:16

Excelente apresentação do livro, riqueza de detalhes que possibilitou perfeito entendimento da história..Parabéns *_*

Karina Oliveira
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 24
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes-Brasil
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1868

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Thainá Camille de Miranda em Sex 27 Abr 2012 - 6:27

gosttei muito da historia e da sua apresentação *-*

Thainá Camille de Miranda
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 20
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes, Brasil
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1857

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por guilherme martins em Sex 27 Abr 2012 - 8:03

muito bom!!!

guilherme martins
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 21
Idade : 21
Localização : mogi das cruzes-brasil
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1789

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Silvia Mayumi em Sex 27 Abr 2012 - 8:09

Gostaria de ter visto a apresentação, aliás muitos comentaram que sua apresentação foi ótima! Só pela síntese da história deu para ver que a história é muito interessante e que prende o leitor em cada parágrafo do livro. Adoro histórias de romance e que envolve também outras características literárias! Muito bom Very Happy

Silvia Mayumi
Frase complexa
Frase complexa

Número de Mensagens : 33
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes-Brasil
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1831

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Caroline Saori em Sex 27 Abr 2012 - 8:15

Muito bom!!! Adorei a história Smile

Caroline Saori
Palavra
Palavra

Número de Mensagens : 17
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1800

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Jessica Suemi em Sex 27 Abr 2012 - 8:15

[i]
A sintese esta bem elaborado, tranzendo mais curiosidade ao leitor, e fazendo com que buscasse mais detalhes na historia do livroo.. Gosteii. Exclamation

Jessica Suemi
Frase complexa
Frase complexa

Número de Mensagens : 47
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 02/03/2012
Pontos : 1969

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Bruna dos santos batista em Sab 28 Abr 2012 - 19:25

Muito bom!! Continue assim prima esforçada e dedicada!!!Very Happy

Bruna dos santos batista
Conto
Conto

Número de Mensagens : 68
Idade : 21
Localização : Brasil-mogi das cruzes
Data de inscrição : 03/03/2012
Pontos : 1962

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Tayna Paula Almeida em Ter 22 Maio 2012 - 11:42

Valeu pelos comentários. Obrigada!

Tayna Paula Almeida
Argumento
Argumento

Número de Mensagens : 52
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 18/04/2012
Pontos : 1900

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Erika Biasotti em Sex 10 Ago 2012 - 7:56

I love you parabéns seu trabalho esta muito bom.....

Erika Biasotti
Argumento
Argumento

Número de Mensagens : 59
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1999

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Andressa Morais de Macedo em Sex 10 Ago 2012 - 8:01

Parabéns Amiga... continue sendo essa pessoa especial...

Andressa Morais de Macedo
Conto
Conto

Número de Mensagens : 60
Idade : 22
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 13/04/2012
Pontos : 1924

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por camila alves em Sex 17 Ago 2012 - 5:59

parabens essa historia é muito bonita

camila alves
Frase complexa
Frase complexa

Número de Mensagens : 46
Idade : 22
Localização : mogi das cruzes brasil
Data de inscrição : 30/03/2012
Pontos : 1897

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Marianna Espinosa em Sex 17 Ago 2012 - 8:07

parabens afro

Marianna Espinosa
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 21
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes - Brasil
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1866

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Tatiane M. M. da Silva em Sex 17 Ago 2012 - 8:16

parabéns Very Happy

TATIANE,TAMARA,TATIELI

Tatiane M. M. da Silva
Argumento
Argumento

Número de Mensagens : 56
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes (BRASIL)
Data de inscrição : 19/02/2012
Pontos : 1937

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Gabriela Souza em Sex 31 Ago 2012 - 8:05

Parabéns² cat

Gabriela Souza
Frase complexa
Frase complexa

Número de Mensagens : 33
Idade : 22
Localização : Mogi das Cruzes Brasil
Data de inscrição : 02/03/2012
Pontos : 1912

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: Caetés de Graciliano Ramos

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 14:52


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum