Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

A Cidade dos Deuses Selvagens, Isabel Allende

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Cidade dos Deuses Selvagens, Isabel Allende

Mensagem por Filipa Bento em Seg 4 Jun 2012 - 16:03

Ficha de leitura


Antes de ler o livro


1. Identificação do Livro

1.1. Cidade dos Deuses Selvagens.
1.2. Isabel Allende.
1.3. DIFEL.
1.4. 2002.


2. Escolha do livro

2.1. A escolha do livro deu-se em prol da necessidade de uma leitura de Verão. Li o primeiro volume, tendo-me agradado a capa e a sinopse da história.
1. Capa do 1º volume da saga, A Cidade dos Deuses Selvagens.


Após a leitura do livro


3. Contextualização do Autor

3.1. Isabel Allende Llona é uma jornalista e escritora chilena. É considerada uma das principais revelações da literatura latino-americana da década de 1980. Ganhou reconhecimento público e crítica com a obra Casa dos Espíritos que tem inclusive adaptação ao cinema e conta com as prestações de Meryl Streep e Jeremy Irons.
2. Fotografia da autora, Isabel Allende.

3.2. O seu repertório de obras inicia-se, portanto, com o livro a Casa dos Espíritos e fica marcado por muitas outras obras fantásticas como De Amor e Sombra, O Plano Infinito, Paula e, claro, a Trilogia das Aventuras da Águia e do Jaguar.
3. Capas das outras obras da autora referidas.

4. Conteúdo do Livro

4.1. Aventura.
4.2. A história é vivida por Alexander Cold, um jovem americano de quinze anos que, tendo a sua mãe doente e necessitando de cuidados médicos, é deixado à responsabilidade da sua avó Kate, um tanto ou quanto extravagante, que parte numa expedição da revista International Geographic e se vê obrigada a levar o neto consigo. A viagem à selva amazónica tem como objetivo a busca de um animal a que os indígenas chamam "a besta". Com eles na expedição vão um antropólogo, dois fotógrafos, uma médica e um guia brasileiro acompanhado pela sua filha Nádia. Esta revela-se mais tarde uma das personagens principais desta grande aventura e acaba por travar com Alexander uma amizade especial.
4.3. "(...) porque o tempo no Amazonas não era como no resto do planeta, não se media em horas, mas no amanhecer, nas marés, estações e chuvas".
Esta é umas das minhas citações preferidas, uma vez que se relaciona com a descrição das paisagens e do ambiente vivido no meio da floresta. A forma como Isabel Allende nos descreve a beleza dos cenários amazónicos é, sem dúvida, uma das minhas partes prediletas do livro. Assim sendo, esta citação alia-se com essa descrições, demonstrando como as paisagens e os cenários da floresta guiam aqueles que por lá passam e vivem.
4.4. O livro agradou-me especialmente por várias razões. São elas as incríveis descrições das paisagens amazónicas, que nos permitem entrar num mundo selvagem e novo, repleto de cheiros e sensações desconhecidas. O alerta transmitido face a problemas ecológicos, bem como, à extinção das tribos índias que possuem uma cultura, uma língua e um universo de crenças entre si. E, por fim, à história em si que nos puxa para um aventura incansável, em que é muito improtante saber em quem podemos confiar.
FONTES:


Filipa Bento
Delegado de Turma
Delegado de Turma

Número de Mensagens : 7
Idade : 23
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 14/12/2011
Pontos : 2254

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum