Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Leitor O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por Andressa Morais de Macedo em Ter 19 Jun 2012 - 11:43

Antes de ler o livro


1. Identificação do Livro

1.1. Título – O Santo Inquérito
1.2. Autor(a) – Dias Gomes
1.3. Editora - Ediouro
1.4. Data da Edição - 2001


2. Escolha do livro

2.1. Motivos que levaram à escolha do livro

Curiosidades sobre o autor, e as características de um texto modernista.


Após a leitura do livro


3. Contextualização do Autor

3.1. Alguns dados biográficos



Origem


Dias Gomes nasceu em Salvador, na Bahia, em 19 de outubro de 1922. Filho de Alice Ribeiro de Freitas Gomes e Plínio Alves Dias Gomes, um engenheiro. Fez o curso primário no Colégio Nossa Senhora das Vitórias, dos Irmãos Maristas, e iniciou o secundário no Ginásio Ipiranga. Em 1935, mudou-se com a família para o Rio de Janeiro, onde prosseguiu o curso secundário no Ginásio Vera Cruz e posteriormente no Instituto de Ensino Secundário. Em 1943, ingressou na Faculdade de Direito do Rio de Janeiro, abandonando o curso no terceiro ano.



Vida pessoal

Foi no ambiente radiofônico que Dias Gomes travou contato pela primeira vez com aquela que viria a se tornar sua primeira esposa, a então desconhecida Jenete (Janete Clair). Com ela casou-se em 13 de março de 1950, teve os filhos: Alfredo Dias Gomes, Guilherme Dias Gomes, Marcos Plínio (falecido) e Denise Emmer. Viúvo de Janete Clair, que morrera um ano antes, em 1984 Dias casa-se com a atriz Bernadeth Lyzio, com quem tem duas filhas: Mayra Dias Gomes (escritora) e Luana Dias Gomes .

Morte

Em meio à preparação de mais um trabalho para a televisão, a minissérie Vargas - baseada em sua peça Dr. Getúlio, Sua Vida, Sua Glória -, Dias Gomes morre num trágico acidente automobilístico no dia 18 de maio de 1999, ao sair de um restaurante no centro de São Paulo.


3.2. Outras Obras do(a) Autor(a)



A Comédia dos Moralistas (1937)
João Cambão (1943)
Os Cinco Fugitivos do Juízo Final (1954)
O Pagador de Promessas (1960)
A Revolução dos Beatos (1962)
O Santo Inquérito (1966)
O Bem-Amado (1968)
Saramandaia (1976)
Campeões do Mundo (1980)
Roque Santeiro (1985)
Derrocada (1994)
Decadência (1995)
Apenas um Subversivo (1998)

4. Conteúdo do Livro

4.1. Género Literário - Modernismo


4.2. Assunto (breve síntese)

“O santo inquérito”
A história começa com o padre Bernardo na igreja falando com os seus fiéis, nisso o padre avista Branca e diz a todos que ela está nua, e ela diz a todos que não está nua não, e o padre fica repetindo assustado que ela está sim nua, e que é para a retirarem dali, pois ela está nua, e não pode aquilo acontecer, muito menos dentro da igreja.E Branca então começa a chorar e falar que não está nua.

Nisso todos da igreja se retiram, e até mesmo o padre.Branca então começa a chorar e rezar perguntando o que ela tinha cometido de tão mal, para que isso estivesse acontecendo com ela.

Nesse momento, Branca começa a escutar um barulho e pedidos de socorro, ela então vai para perto de um rio e vê um homem se afogando, e ela então pula na água e consegue o salvar, e depois ela nota que é o padre Bernardo, ela o sacode, o chama várias vezes, e ele não responde, pois está desmaiado, depois dela tentar o reanimar e não conseguir, ela vê que o único jeito é fazer uma respiração boca a boca no padre.E ela então coloca sua boca na dele e faz a respiração, nisso ele volta e começa a tossir.Ela então se afasta um pouco, e ele olha para ela e a agradece por telo salvo, eles ficam um tempo conversando, depois cada um vai para a sua casa. No dia seguinte o padre aparece na casa de Branca e ela fica surpresa por vê-lo ali, e eles começam a conversar, ai ela fala para o padre que seu noivo Augusto está voltando da Europa, o padre então vê uns livros em cima da mesa e pergunta de quem é, e ela então diz que é ela, pois seu novo a ensinou a ler. O padre não gosta muito de saber disso mais pega e fala que tem que ir embora, pois tem horário para ir a igreja. Ela então diz que é uma pena, pois dali algumas horas seu noivo irá chegar.o padre então diz que tem que ir mesmo, eles então se despedem e ele vai embora, daqui a pouco Simão que é pai de Branca chega, e pergunta para ela o que aquele homem estava fazendo ali, Branca então diz que é o padre Bernardo, no outro dia o padre torna a casa dela e eles começam a conversar e ela fala para o padre que seu noivo chegou, e que ele estava ali naquele instante, e que na hora que ele saiu, o padre chegou. Eles então começam a conversar, e o padre fala para ela como ela havia lhe salvado, ele agora tem o dever de salva-lá também, e ela então diz que não corre perigo, o padre então diz que todos estão correndo perigo.e ela começa a falar de seu avô que havia morrido quando ela era pequena, e ele então diz para ela contar mais, ela responde que não gosta muito de falar nisso, porque toda vez que ela lembra disso sente cheiro de azeitona.o padre fala para ela dizer mais sobre seu avô, ela começa a falar que seu avô a levava para passear sempre, e que sempre colocava as mãos na sua cabeça e a deslizava no seu rosto, e que a chamava de princesa, e que antes de morrer ele pediu para que colocassem uma moeda na sua boca quando ele morresse. E que quando ele morreu, seu pai Simão deu a ela uma moeda, e ela a colocou encima da boca de seu avô.O padre ficou todo espantado com isso, e disse que ele tinha que ir embora, mas que ele era seu amigo e seu confessor. Mais tarde branca então vai a igreja e começa a conversar com o padre, e ela então diz que teve uma noite que ela não estava conseguindo dormir, pois ela estava com muito calor, então ela foi até o rio e lá então ela foi se banhar nua, pois não tinha ninguém àquela hora acordado, mas que teve uma vez, que ela estava se banhando nua no rio e seu noivo a viu no rio O padre fica espantado com essas confissões, e ele diz que depois eles conversam mais, pois ele tem que ir rezar.Simão então vê que sua filha estava sozinha com o padre dentro da igreja, e depois o Simão foi e falou para o padre que não queria mais ver os dois conversando a sós, pois o povo poderia falar besteiras sobre eles, e que ele não queria ver o nome de sua filha na boca dos outros. E branca fica de lado escutando tudo e sem falar nada, Simão fala também para o padre, que branca irá ficar muito feliz se ele calibrasse o casamento.O padre fica meio constrangido, mas diz que irá fazer sim o casamento.No dia seguinte, batem na porta, e branca atende e ela vê que é o padre, o notário, o visitador e uns guardas, ela então pergunta o que está acontecendo, e o padre então diz que eles estão ali pois houve uma denuncia a respeito dela, Simão então pergunta denúncia do que, e eles falaram que não pode falar nada, e que estão ali para conferir a denúncia, e começaram a implicar com todo, com seus livros, com sua bíblia em português, pois eles falam que bíblia é uma só, e que não existe bíblia em português, e confiscam tudo, e a pegam e a prendem, o padre vai e conversa com ela, e ela fica brava e começa gritar falando que não fez nada, não tem culpa de nada, não cometeu nenhum pecado e nenhum crime.O padre então fala para ela que vão a levar para uma sala, os guardas então a levam para uma sala com o visitador, o notário, e uns guardas. O visitador então diz que ela tem que colocar a mão encima do livro sagrado e jurar falar a verdade, e ela fica um bom tempo insistindo e teimando, dizendo que não vai jurar sobre nada.Depois de muito tempo, o notário manda os guardas irem buscar augusto.Os guardas então buscam augusto, e o levam até aquela sala, e quando ela vê augusto ela quer o abraçar, mas ninguém a deixa fazer isso.O notário diz para ele falar a verdade e contar tudo, e ele então diz que não vai falar nada, e que não vai mentir acusando branca pelo que ela não fez. E que ele tem certeza que não cometeu nada grave para estar acontecendo isso.

O visitador então pergunta para ele quanto tempo que ele ficou sendo torturado, e um dos guardas então entra na frente e fala que o torturaram por uns 15minutos, por que ele não agüentou e desmaiou, branca escuta tudo calada, e chorando. Ela então pede ao visitador para conversar a sós com seu noivo por alguns minutos somente.Ele então diz que isso não é permitido, mas que ele irá abrir uma exceção, todos saem da sala e ela vai para perto de augusto, e ele fala que eles o torturaram muito, ela então vê seu pulso machucado e da beijos em sua mão, e diz a ele que ela vai se entregar, e falar tudo que eles querem que ele fale,pois ela não quer que ele e seu pai sofram por causa dela, e ele então diz para ela não falar nada, pois se ela falar tudo o que eles quiserem, ele teria sofrido tudo a toa.Ela então diz que não agüenta mais isso, e ele diz que Simão não foi torturado, pois só a tortura dele foi o suficiente.Os guardas aparecem e diz para eles que o tempo já se esgotou, e o tira dali, o padre então entra e tenta consentir ela de falar tudo o que eles querem. E ela continua teimando e diz que não vai falar nada, e muito menos jurar algo que é ela não fez.

O padre então diz que é a ultima vez que ele está ali para tentar fazer ela mudar de idéia, ela acha meio estranho, mas diz que não vai mudar de idéia .de repente entra Simão e ela vai e o abraça e começa a conversar com ele, depois de tanto conversar com seu pai, ela diz a ele que vai jurar sim, ele todo bravo ergue a cabeça e diz a ela, que ele devia ter feito isso a muito tempo, ela então percebe algo, e pergunta para ele porque que ele está falando isso, e ela então pergunta se aconteceu alguma coisa com Augusto, e ele então abaixa a cabeça e com a voz baixa e triste diz que Augusto não resistiu, ela então diz como assim pai, e ele diz é Branca, Augusto não resistiu. Ela então começa a chorar e gritar Augusto morreu! Morreu! . Ela então pergunta a seu pai se ele não ajudou Augusto, ele então diz que não pode fazer nada, pois ele até pensou em ajudar, mas que não dava, ela pergunta como eles o mataram, Simão então diz que o penduraram no teto com peso nos pés.Branca então começa a chamar Simão de assassino, então ele diz que vai compreender que ela está nervosa. E que ele não matou Augusto, pois ele já estava com sua liberdade garantida, e se ele ajudasse Augusto ele poderia morrer junto com ele. Ela então começa a dizer que ele é um assassino, pois ele não poderia deixar que isso acontecesse.

Nisso entra o padre, o notário, o visitador e os guardas, e o padre diz a ela que é a ultima chance, ela diz que não vai fazer nada, pois agora a vida dela não tem mais graça, e que ela não vai jurar nada. O padre então diz que o assunto não é mais com eles, é com a própria polícia. Ela então diz que podem fazer o que quiserem com ela, pois eles venceram. O padre então diz a ela que ela está amargando a sua própria vitória, ela então diz que não vai ser a primeira e nem a ultima a ser queimada viva no fogo. Os guardas então a amarram toda, e a levam para a fogueira, o padre então vê de longe o vermelho do fogo, e escuta gritos, e vê ela se contorcendo toda.

Então sente como se fosse ele que tivesse sendo queimado vivo. Ela então cessa os gritos, e o padre cai de joelhos dizendo a deus que agora ele pode aspirar pelo perdão.


4.3. Citações favoritas (se necessário, explicadas no contexto)- “Se for o meu caso, o Diabo vai perder tempo e munição. E vai acabar cansando. Garanto”;

“O senhor disse: ninguem pode aceitar o Demônio como companheiro de mesa. Casada, terei o meu marido a cabeçeira e o Demônio não ousará sentar-se ao nosso lado.”


4.4. Opinião sobre o livro

Por pertencer ao modernismo, a história fica mais interessante, pois fica claro suas características do modernismo, como a LIBERDADE DE EXPRESSÃO e incorporação do cotidiano.

Érika, Jessica e Andressa.


Andressa Morais de Macedo
Conto
Conto

Número de Mensagens : 60
Idade : 22
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 13/04/2012
Pontos : 1929

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por alexandre(hiro) em Qui 21 Jun 2012 - 5:57

Parabéns pelo trabalho.

Nota 14 (7.0)

alexandre(hiro)
"Best Seller"


Número de Mensagens : 496
Idade : 25
Localização : Brasil
Data de inscrição : 22/02/2008
Pontos : 5207

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por Tayna Paula Almeida em Sex 22 Jun 2012 - 6:02

Parabéns!

Tayna Paula Almeida
Argumento
Argumento

Número de Mensagens : 52
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 18/04/2012
Pontos : 1905

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por Jessica Suemi em Sex 22 Jun 2012 - 8:03

Parabéns... gostei muito da história...

Jessica Suemi
Frase complexa
Frase complexa

Número de Mensagens : 47
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 02/03/2012
Pontos : 1974

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por Bruno akira em Sex 22 Jun 2012 - 8:09

parabens pelo trabalho!foi muito bom...^^

Bruno akira
Letra
Letra

Número de Mensagens : 8
Idade : 22
Localização : mogi das cruzes Brasil
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1780

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por Andressa Morais de Macedo em Sex 22 Jun 2012 - 8:11

Essa história é legal.......................

Andressa Morais de Macedo
Conto
Conto

Número de Mensagens : 60
Idade : 22
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 13/04/2012
Pontos : 1929

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por Marianna Espinosa em Sex 22 Jun 2012 - 8:27

muuuito legal cheers

Marianna Espinosa
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 21
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes - Brasil
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1871

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por Beatriz Massami Watanabe em Sex 22 Jun 2012 - 8:29

Gostei da historia.

Parabens pelo trabalho.

Beatriz Massami Watanabe
Romance
Romance

Número de Mensagens : 152
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes - Brasil
Data de inscrição : 19/02/2012
Pontos : 2141

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por Gabriela Souza em Sex 10 Ago 2012 - 8:14

Muito bom

Maitê e Gabriela afro

Gabriela Souza
Frase complexa
Frase complexa

Número de Mensagens : 33
Idade : 22
Localização : Mogi das Cruzes Brasil
Data de inscrição : 02/03/2012
Pontos : 1917

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por Erika Biasotti em Sex 17 Ago 2012 - 8:02

PARABÉNS O TRABALHO ESTA MUITO BOM...

Erika Biasotti
Argumento
Argumento

Número de Mensagens : 59
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por Erika Biasotti em Sex 17 Ago 2012 - 8:03

PARABÉNS O TRABALHO ESTA MUITO BOM...

Erika Biasotti
Argumento
Argumento

Número de Mensagens : 59
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por Maitê Henrique de Faria em Sex 31 Ago 2012 - 7:55

Parabéns Like a Star @ heaven

Maitê Henrique de Faria
Frase complexa
Frase complexa

Número de Mensagens : 35
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes - Brasil
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1952

Voltar ao Topo Ir em baixo

Leitor Re: O SANTO INQUÉRITO - DIAS GOMES

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 0:47


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum