Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

O mandarim, de Eça de Queirós

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Desfocado O mandarim, de Eça de Queirós

Mensagem por Emily Silva em Seg 19 Nov 2012 - 13:01


Título: O mandarim
Autor: Eça de Queirós
Editora: Martin Claret
Gênero: Literatura Internacional/ Literatura Portuguesa/ Literatura Clássica/Romance
Páginas: 115
Ano: 2003

Nós alunos do 3ºB escolhemos o Livro pelo nome do livro, imaginamos que uma leitura supostamente ligada ao Oriente Médio seria interessante seguidamente de diferente! Sendo uma história que liga a outros costumes, cultura e mundos diferentes, o que pode-se chamar mais atenção do leitor e do ouvinte em nossas apresentações em sala de aula.

O Mandarim
Teodoro era um rapaz inteligente e cheio de ambições, ele queria ser rico mas não tinha recursos pois só ganha 20 mil reis por mês. Ele morava em uma pensão em Lisboa , a pensão de dona Augusta, decide então dar uma volta pela cidade e encontra um homem todo de Preto (Diabo), eles conversam na frente da casa de um Mandarim o Senhor Tim-Chim-Fu, que era bancário e muito rico e o homem disse a Teodoro que pra ele ficar rico só bastava apertar a campainha do Mandarim. Apertou a Campainha e o velho morreu e toda sua herança passou para ele, começou a gastar toda a fortuna, mas sempre que ia dormir via o fantasma de Tim-Chim-Fu e isso o atormentava e resolveu ir para a China dar toda sua fortuna para a família do velho, sendo assim o fantasma desapareceria. E assim o fez, mas voltando para Lisboa o dinheiro havia voltado para ele juntamente com o fantasma, e esse foi o seu fim, viveu rico mas infeliz e atormentado.

O Autor
Eça de Queiroz (1845-1900) foi um escritor português. "O crime do Padre Amaro" foi o seu primeiro grande trabalho, marco inicial do Realismo em Portugal. Foi considerado o melhor romance realista português do século XIX. Eça foi o único romancista português que conquistou fama internacional nessa Época.
Nasceu no dia 25 de novembro, na cidade de Póvoa de Varzim, Portugal. Filho do Brasileiro José Maria Teixeira de Q. e da portuguesa Carolina Augusta Pereira de Eça. Passou toda sua infância afastado do lar paterno, era interno no colégio da cidade do porto. Eça de Queiroz em conferencia o tema " O realismo como nova Expressão de Arte" no Cassino de lisboa, em 1871. 1873 na carreira politica.
O romance "O Crime do Padre Amaro", publicado em 1875, foi o marco inicial do Realismo em Portugal. Nele, Eça faz uma crítica violenta da vida social portuguesa, denuncia a corrução do clero e da hipocrisia dos valores burgueses. A crítica social unida à análise psicológica aparece também no romance "O Primo Basílio", publicado em 1878, em "Mandarim", 1880, e em "Relíquia", 1887.

Em 1885 visita em Paris, o escritor francês Émile Zola. Casa-se com Emília de Castro Pamplona Resende, em 1886. O casal teve dois filhos, Maria e José Maria. Em 1888 foi nomeado cônsul em Paris, ano que publica "Os Maias". Nesse romance observa-se uma mudança na atitude irreverente de Eça de Queiroz Segundo o crítico João Gaspar Simões, o autor "deixa transparecer os mistérios do destino e as inquietações do sentimento, as apreensões da consciência e os desequilíbrios da sensualidade"

Surge então uma nova fase literária, em que Eça deixa transparecer uma descrença no progresso. Manifesta a valorização das virtudes nacionais e a saudade da vida no campo. É o momento dos romances "A Ilustre Casa de Ramires" e "A Cidade e as Serras", e o conto "Suave Milagre" e as biografias religiosas.

José Maria Eça de Queiroz morreu em Paris, no dia 16 de agosto de 1900.

Obras de Eça de Queiroz
O Mistério da Estrada de Sintra, 1870
O Crime do Padre Amaro, 1875
A Tragédia da Rua das Flores, 1877-78
O Primo Basílio, 1878
O Mandarim, 1880
As Minas do Rei Salomão, 1885, tradução
entre outros.

A Obra de Queiroz é certamente uma obra do período Realismo, a leitura do realismo refelete a realidade da segunda metade do século XIX nas produções literárias os autores procuram seguir a tendência filosófica do positivismo ao observar e analisar a realidade e ao reproduzi-lá corretamente.
O Realismo é uma reação contra o Romantismo, ou seja o Romantismo era mais ligado ao sentimentalismo, o Realismo é a critica ao homem, e mais sincero e menos dramático ao que foi o Romantismo. Assim sendo Realismo Interpretação psicológica (dentro pra fora) e Romantismo Interpretação biológica (fora para dentro).

O livro é um grande exemplo de aprendizagem, pois a história de Teodoro mostra que dinheiro não traz a felicidade, principalmente se for dinheiro "errado" e isso é o foco na história de Eça, tenda nos passar a idéia de que não se pode ter tudo na vida, ou então que dinheiro é nada sem a felicidade e a paz!



Alunos: Emily Thais Ap. Faria Silva
Bruno Henrique da Costa
Thaina Santos
Thaina Camille
Luiz Felipe Carlette

Very Happy


Anexos
ppppppppppp.jpg Você não tem permissão para fazer download dos arquivos anexados.(25 Kb) Baixado 0 vez(es)

Emily Silva
Letra
Letra

Número de Mensagens : 9
Idade : 22
Localização : cocuera
Data de inscrição : 19/10/2012
Pontos : 1557

Voltar ao Topo Ir em baixo

Desfocado Re: O mandarim, de Eça de Queirós

Mensagem por alexandre(hiro) em Ter 20 Nov 2012 - 11:38

Parabéns pela apresentação.

Nota 15 (7,5)

alexandre(hiro)
"Best Seller"


Número de Mensagens : 496
Idade : 25
Localização : Brasil
Data de inscrição : 22/02/2008
Pontos : 5207

Voltar ao Topo Ir em baixo

Desfocado Re: O mandarim, de Eça de Queirós

Mensagem por Douglas Oliveira em Sex 30 Nov 2012 - 3:51

Gostei dessa apresentação. a Historia foi contada muito bem. Gostei bastante

Douglas Oliveira
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 20
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes - BR
Data de inscrição : 23/03/2012
Pontos : 1876

Voltar ao Topo Ir em baixo

Desfocado Re: O mandarim, de Eça de Queirós

Mensagem por camila alves em Sex 30 Nov 2012 - 3:53

muito bom parabéns

camila alves
Frase complexa
Frase complexa

Número de Mensagens : 46
Idade : 22
Localização : mogi das cruzes brasil
Data de inscrição : 30/03/2012
Pontos : 1902

Voltar ao Topo Ir em baixo

Desfocado Re: O mandarim, de Eça de Queirós

Mensagem por Matheus Henrique de Souza em Sex 30 Nov 2012 - 3:58

Um dos melhores trabalhos que já vi.Trabalho excelente e história impecável,gostei do começo ao fim e o luis é muito lindo


Última edição por Matheus Henrique de Souza em Sex 30 Nov 2012 - 4:01, editado 1 vez(es)

Matheus Henrique de Souza
Frase complexa
Frase complexa

Número de Mensagens : 32
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes - Brasil
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1928

Voltar ao Topo Ir em baixo

Desfocado Re: O mandarim, de Eça de Queirós

Mensagem por leticia santos em Sex 30 Nov 2012 - 3:59

livro excelente! gostaria muito de poder ler Very Happy

leticia santos
Palavra
Palavra

Número de Mensagens : 18
Idade : 21
Localização : mogi das cruzes SP
Data de inscrição : 31/03/2012
Pontos : 1791

Voltar ao Topo Ir em baixo

Desfocado Re: O mandarim, de Eça de Queirós

Mensagem por Karina Oliveira em Sex 30 Nov 2012 - 4:17

Interessante essa história..gostei Smile

Karina Oliveira
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 24
Idade : 21
Localização : Mogi das Cruzes-Brasil
Data de inscrição : 17/02/2012
Pontos : 1873

Voltar ao Topo Ir em baixo

Desfocado Re: O mandarim, de Eça de Queirós

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 0:48


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum