Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

Memórias das minhas putas tristes Gabriel Marquez

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Memórias das minhas putas tristes Gabriel Marquez

Mensagem por Patricia Ascenso em Seg 12 Fev 2007 - 13:48

Memórias das minhas putas tristes
Gabriel Marquez

Patricia Ascenso
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/09/2006
Pontos : 4021

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apresentação do livro:Memórias das minhas putas tristes

Mensagem por Patricia Ascenso em Seg 12 Fev 2007 - 14:46

Indentificação do livro:



Titulo: Memórias da minhas putas tristes

Autor: Gabriel Marquez

Editora: Dom Quixote

Data De Edição: Fevereiro de 2005



Escolha Do Livro:

Escolhi este livre devido ao seu titulo, chamou me atenção.



Contextualização Do Autor:

Dados Biográficos:



Gabriel García Márquez é o mais importante [color=#002bb8]escritor [color:d39f=#002bb8:d39f]colombiano.

Neto de uma grande contadora de histórias, passou a juventude ouvindo contos das Mil e Uma Noites; sua adolescência foi marcada com seus livros , em especial [color=#002bb8]A Metamorfose, de [color:d39f=#002bb8:d39f]Franz Kafka. Ao ler a primeira frase do livro, Quando certa manhã Gregor Samsa acordou de sohos intranqüilos, encontrou-se em sua cama metamorfoseado num inseto monstruoso, pensou então eu posso fazer isso com as personagens? Criar situações impossíveis? e abandonou sua faculdade para dedicar-se à literatura. Foi responsável por criar o realismo fantástico na literatura latino-americana

Virou [color=#002bb8]jornalista, e assim viveu, publicando pequenos romances, como Ninguém escreve ao Coronel e Relato de um Náufrago. Porém, em 1967, publicou [color:d39f=#002bb8:d39f]Cem Anos de Solidão, livro que narra a história da família Buendía de Macondo, distribuída em sete gerações, e que foi sucesso instantâneo.

Quinze anos depois, em [color=#002bb8]1982, Gabriel García Márquez ganhou o [color:d39f=#002bb8:d39f]Prêmio Nobel de Literatura.

Outras Obras:

O Amor nos Tempos de Cólera,

Crônica de uma Morte Anunciada,

Do Amor e outros Demônios

Memórias de minhas Putas Tristes,

Viver para Contar.

Ninguém escreve ao Coronel

Relato de um Náufrago



Conteúdo Do Livro:



Género Literários:

Romance



Assunto:

No seu aniversário de noventa anos, um velhote decide oferecer a si mesmo uma noite de amor louco com uma adolescente virgem.

Ele nunca se apaixonou e os prazeres da carne, só os conhecia atraves do dinheiro.E também nunca os quis de outra forma.

Para sim cada acordar era uma benção.Este senhor era escritor e jornalista, escrevia crónicas dominicaís para o jornal El Diario De La Paz.

Após a sua visita a um bordel para se encontra com a tal jovem virgem, este apaixona se perdidamente pela menina, ela tinha apenas catorze anos, trabalhava num fábrica a coser botões.

O velho, com um nome desconhecido em todo o conto, transporta para as crónicas dominicais, que escrevia para “El Diario de la Paz”, o amor que sentia por Delgadina (como ele imaginava que ela se chamava) e aprende que, no amor, o tempo e a idade são irrelevantes, pois um velho também pode morrer de amor.

O acto sexual muncachegou a existir entre ambos, embora os momentos passados tenham sido vividos com grande intensidade.

Um ano mais tarde quando se prepara para completar noventa e um anos o velho faz um acordo com a dona do bordel, ele continuaria a dormir todos os dias com a delgadinha, e um dia quando ele morresse tudo o que era ser passaria a ser da dona do bordel,se a dona do bordel morresse passaria tudo o que é dela para ele, se ambos morressem ficaria tudo para a sua adorada delgadinha.





Citações Favoritas:

(...)” Sou feio, tímido e anacrónico”(...)

(...)” Mas mais do que filmes interessavam me as passarinhas da noite que iam para a cama pelo preço da entrada, ou davam de borla ou fiado”(...)

(...)” Encontrei uma peruazinha melhor do que querias, mas tem um inconveniente:anda apenas pelos catorze anos. Não me importo de mudar fraldas(...)”

(...)” Esta noite não me vai fazer falta a lua cheia para me arder o cu.Não te queixes disse ela.Se te arde é porque ainda o tens(...)”





Opinião Do Livro:

Gostei de ler o livro, apesar da linguagem se um pouco agressiva

.


Patricia Ascenso
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 23
Data de inscrição : 22/09/2006
Pontos : 4021

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Memórias das minhas putas tristes Gabriel Marquez

Mensagem por Filipe Azevedo em Seg 12 Fev 2007 - 15:03

Registei!

study

_________________
www.vertentes.pt.vu
avatar
Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 56
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15884

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Memórias das minhas putas tristes Gabriel Marquez

Mensagem por Ana em Ter 13 Fev 2007 - 3:54

Eu nunca li nada deste autor, mas sempre tive alguma curiosidade.

Quando este livro saiu, até deu muito nas vistas, não só pelo título mas também pelo facto de ter sido muito publicitado.

Gostei da tua apresentação.
avatar
Ana
Trilogia
Trilogia

Número de Mensagens : 561
Idade : 27
Data de inscrição : 19/09/2006
Pontos : 4024

Folha de personagem
Guardião secular:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Memórias das minhas putas tristes Gabriel Marquez

Mensagem por Rute em Ter 13 Fev 2007 - 4:58

Eu começei a le-lo!!! mas depois não acabei por não me interessar muito e decidi esperar pela tua apresentação...Razz lol
Gostei. Wink
avatar
Rute
Trilogia
Trilogia

Número de Mensagens : 741
Idade : 28
Localização : Setubal - Portugal
Data de inscrição : 24/09/2006
Pontos : 4031

Folha de personagem
Guardião secular: Alexandria

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Memórias das minhas putas tristes Gabriel Marquez

Mensagem por Ana em Ter 13 Fev 2007 - 12:19

Muito esperta, a miuda!! Razz
avatar
Ana
Trilogia
Trilogia

Número de Mensagens : 561
Idade : 27
Data de inscrição : 19/09/2006
Pontos : 4024

Folha de personagem
Guardião secular:

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Memórias das minhas putas tristes Gabriel Marquez

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum