Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

"Diário da tua ausência" de Margarida Rebelo Pint

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

"Diário da tua ausência" de Margarida Rebelo Pint

Mensagem por Martah em Qui 12 Out 2006 - 14:06

Very Happy


Última edição por em Seg 11 Dez 2006 - 14:16, editado 1 vez(es)
avatar
Martah
Letra
Letra

Número de Mensagens : 5
Idade : 29
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 12/10/2006
Pontos : 4001

Voltar ao Topo Ir em baixo

Apresentaçao do livro =)

Mensagem por Martah em Sex 8 Dez 2006 - 16:34

Identificação do livro





Diário da tua ausência



Autora



Margarida Rebelo Pinto



Editora



Oficina do Livro



Data de edição



Abril de 2006



Contextualização da autora














O tempo não se perde, gasta-se.







Nascida em Lisboa em 1965, Margarida Rebelo Pinto revelou desde cedo uma enorme paixão pela escrita. Licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas na Universidade Clássica e após uma breve passagem como copywriter, pelo mundo da publicidade, aos 22 anos, iniciou a sua actividade jornalística passando por publicações como “O Independente”, “Sete”, “Marie Claire” e “Diário de Notícias”.
Foi repórter do Canal 1 da R.T.P., retomou a crónica “O Meu Pequeno Mundo”, em 1999, na revista Olá do jornal Semanário e tornou-se cronista regular da Elle, colaborando também com outras publicações.

O primeiro romance de Margarida Rebelo Pinto, "Sei Lá", não foi propriamente o seu baptismo na escrita. A autora juntou aos ingredientes de saber estar nos sítios certos, à hora certa e com os amigos necessários, uma história que concretizou na sua cabeça, dando-lhe então em Março de 1999 a forma em livro. Nesse mesmo ano, foi vencedora do prémio literário Fnac 1999, tendo a obra já superado os 130 mil exemplares vendidos.

Actualmente, para além do já referido best-seller, a escritora tem mais nove livros editados: "Herman SuperStar", a biografia do conhecido humorista português; "Não há Coincidências", outro best-seller, editado em Abril do ano 2000 – 33ª edição com mais de 140.000 exemplares vendidos –, "As Crónicas da Margarida", igualmente sucesso de vendas e resultante de uma compilação das crónicas escritas para a revista Olá; "Alma de Pássaro", romance que encerra a trilogia dos anteriores, editado em Fevereiro de 2002, revelando-se mais um verdadeiro best-seller; publicado em Outubro de 2002, "Artista de Circo", o segundo livro de crónicas e mini-ficções; "I'm In Love With a PopStar", um romance sobre a vida atribulada de uma adolescente, "Nazarenas e Matrioskas", uma compilação de textos publicados na imprensa; "Pessoas como Nós", um romance que mais uma vez aborda os problemas da condição humana e, por fim, "Diário da Tua Ausência", uma sentida carta de amor.

Enquanto no seu primeiro livro abordava ainda a escrita de uma forma ingénua, no seu terceiro romance, “Alma de Pássaro”, a autora abordou a escrita de uma forma que a colocou como a mais conhecida percursora da nova literatura urbana. Desse modo, entrou para a agência literária Carmen Balcells, representante de autores consagrados como Gabriel Garcia Marquez, Jorge Amado, Isabel Allende, entre outros.

Paralelamente à escrita, Margarida dedicou-se também ao guionismo, sendo ela a autora do telefilme da SIC "Um passeio no parque". Neste momento já está a rever o guião do seu próximo filme, sendo este a adaptação do livro “Sei Lá” para o cinema. A escritora tem sempre mais ideias e projectos do que tempo para os realizar, é mãe, nada três quilómetros por semana e escreve em qualquer lado, desde que leve um caderno de capa preta.





* Conteúdo do livro



Género literário



Literatura



Assunto

O décimo livro de Margarida Rebelo Pinto conta a história de uma mulher à espera de um grande amor. Ela mora em Lisboa e ele em Londres. Ambos acreditam que os seus destinos se cruzam por uma razão maior, mas enquanto ela é movida pela vontade, ele deixa-se tolher pelo medo. Depois de cada encontro, as reflexões sobre a génese e a evolução do sentimento mais perturbador da condição humana tomam o lugar das ausências, fazendo desta obra uma confissão intimista e universal na qual se revela a alma feminina e a forma abnegada como as mulheres podem viver um grande amor. Para ler devagar e em voz baixa.






Citações favoritas





“Quando se ama alguém tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se tão imperativo como o verbo respirar. A vida transforma-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes o alcance do olhar. O amor na espera ensina-nos a ver o futuro, a desejá-lo, a organizar tudo para que ele seja possível. É mais fácil esperar do que desistir. É mais fácil desejar do que esquecer. É mais fácil sonhar do que perder. E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver."





Pág. 37



“ Poucas pessoas tiveram na vida tanta companhia como eu; fui criada numa casa cheia de amor e tenho os melhores amigos do mundo que me ajudam a apensar, a lamber as feridas, a escolher novos caminhos e a crescer mas penso demasiado em tudo, tenho sempre coisas para dizer aos outros e sei que os outros nem sempre têm tempo ou paciência para me ouvir.”



Pág. 45



“ Se calhar sou doida, sofro da mais antiga enfermidade do ser humano e que ainda nenhum cientista se lembrou de diagnosticar, estudar e classificar como uma patologia: não sei viver sem amor. Preciso de amar e de ser amada para viver sem me deixar engolir pela realidade, sem sentir que estou a lutar para me manter à tona. A vida sem amor é para mim uma questão de sobrevivência, um deserto imenso e assustador, um vazio do tamanho do buraco negro. Porque antes de tudo e depois de tudo, está o amor. E tudo acaba, tudo passa, tudo se desfaz, se desfigura, se dissipa, se enterra ou se transforma, mas o amor nunca acaba, porque é impossível viver sem amor. Mesmo que só existam palavras, o amor vive-se na mesma. A pior coisa é não amar, penso que isso não existe”





Opinião



Sem palavras para descrever este livro e’ magnifico e aconselho plenamente, escolhi este livro não so’ pela sua autora porque gosto muito dos livros da Margarida, mas pelo seu título, o que me chamou muito a atenção. Não tenho muito mais para acrescentar….leiam e’ muito bonito…


Última edição por em Seg 11 Dez 2006 - 15:33, editado 5 vez(es)
avatar
Martah
Letra
Letra

Número de Mensagens : 5
Idade : 29
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 12/10/2006
Pontos : 4001

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Diário da tua ausência" de Margarida Rebelo Pint

Mensagem por Martah em Sex 8 Dez 2006 - 16:45

stor eu nao me identifiquei mas acho q sabe quem sou....silent

Marta
11º D
nº 21

para o caso de haver enganos ou pensar q nao apresentei, ja me estou a identificar... Very Happy boa noite Razz
avatar
Martah
Letra
Letra

Número de Mensagens : 5
Idade : 29
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 12/10/2006
Pontos : 4001

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Diário da tua ausência" de Margarida Rebelo Pint

Mensagem por Filipe Azevedo em Seg 11 Dez 2006 - 16:31

Leitura registada!

study

_________________
www.vertentes.pt.vu
avatar
Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 56
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15884

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Diário da tua ausência" de Margarida Rebelo Pint

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum