Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

"Pela Água" Sylvia Plath

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

"Pela Água" Sylvia Plath

Mensagem por Sara Salazar em Seg 9 Abr 2007 - 15:52

Sara Salazar nº21 11ºC

Escolhi este livro por curiosidade em relação à vida da autora.


Identificação do Livro:


Título: “Pela Água”
Autor: Sylvia Plath (1932-1963)
Editora: ASSÍRIO & ALVIM
Data da Edição: 1990


Contextualização do Autor:


Alguns dados biográficos:

A fama de Sylvia Plath como escritora está irremediavelmente ligada à repercussão do seu suicídio. Os poemas mais conhecidos estão no livro Ariel, publicado dois anos depois de sua morte e foram, na maioria, escritos nos seus últimos meses de vida. Durante o final da década de 50, Sylvia Plath era considerada uma escritora completa, porém alternativa, vivendo à sombra do talento do marido, o poeta inglês Ted Hughes. Poucos, com certeza, teriam adivinhado que seria capaz de produzir poemas de tamanha
força como os últimos que escreveu, combinando desespero enfurecido e altíssimo nível técnico literário.
Nos últimos meses de vida, ela soltou toda sua verve poética, produzindo poemas ricos, inteligentes e extremamente intensos. Apenas um mês após a publicação de seu primeiro romance, o autobiográfico "A Redoma de Vidro" (The Bell Jar), Sylvia Plath suicidou-se inalando gás do fogão.

Outras Obras da Autora:

The Colossus and Others Poems (poesia), 1960.
· The Bell Jar (romance), 1963.
· Ariel (poesia), 1965.
· Crossing the Water (poesia), 1971.
· Winter Trees (poesia), 1971.
· Letters Home; Correspondance (cartas), 1975.
· The Bed Book (juvenilia), 1976.
· Johnny Panic and the Bible of Dreams (ficção, diários, ensaios), 1979.
· The Collected Poems (obra poética completa), 1981.
· The Journals of Sylvia Plath (diários), 1982.

Conteúdo do Livro:

Género literário: Poesia

Assunto: Poemas bastante biográficos, referindo-se a suicídios, morte e vontade de morrer, ódio e amor em relação ao pai, críticas a mãe.
Cria bastantes ambientes obscuros, criticando varias vezes as cores e ambientes mais claros.

Citações Favoritas:


Canção de Amor da Jovem Louca


[…]


Imaginei que voltarias como prometeste
Envelheço, porém, e esqueço-me do teu nome.
(Acho que te criei no interior de minha mente)

Deveria, em teu lugar, ter amado um falcão
Pelo menos, com a primavera, retornam com estrondo
Cerro os olhos e cai morto o mundo inteiro:
(Acho que te criei no interior de minha mente.)


As Túlipas


[…]

Mais do que tudo o vermelho intenso das tulipas fere-me.
Mesmo através do papel de celofae as ouvia respirar
suavemente, por entre as suas faixas brancas, como um bebé medonho.
A minha ferida corresponde à sua cor rubra.
São subtis: parecem pairar, embora me esmaguem
perturbando-me com as línguas súbitas e a sua cor,
uma dúzia de vermelhos pesos de chumbo em volta do meu corpo.

Nunca alguém me vigiara, vigiam-me agora.
As túlipas voltam-se para mim, assim como a janela
donde, uma vez por dia, a luz se espraia e esvai lentamente.
e vejo-me estendida, ridícula, uma sombra de papel recortado
entre o olhar do sol e o olhar das túlipas,
e, sem rosto, quis apagar-me.
As túlipas plenas de vida comem-me o oxigénio.

[…]


Opiniões sobre o livro:

Encontrei poesia compreensível, =P por isso gostei.
Gostei da escrita simples, dos temas desenvolvidos e da maneira de os desenvolver. Do
abstracto para o conciso. Gostei principalmente por ser muito biográfico e
serem poemas obscuros e deprimentes.
avatar
Sara Salazar
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 28
Data de inscrição : 18/09/2006
Pontos : 3934

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Pela Água" Sylvia Plath

Mensagem por Filipe Azevedo em Qua 2 Maio 2007 - 5:37

175 pontos

_________________
www.vertentes.pt.vu
avatar
Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 56
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15793

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Pela Água" Sylvia Plath

Mensagem por Márcia em Sex 18 Maio 2007 - 16:39

165 pontos
avatar
Márcia
Frase simples
Frase simples

Número de Mensagens : 22
Idade : 27
Data de inscrição : 04/10/2006
Pontos : 3918

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: "Pela Água" Sylvia Plath

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum