Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

Um Homem Com Sorte - Nicholas Sparks;

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Um Homem Com Sorte - Nicholas Sparks;

Mensagem por JoanaSantos em Seg 12 Jan 2009 - 16:09

Antes de ler o livro
1.Identificação do Livro
1.1. Título:
Um Homem Com Sorte

1.2. Autor:
Nicholas Sparks

1.3. Editora:
Editorial Presença

1.4. Data da Edição:
Outubro 2008

2.Escolha do livro
2.1. Motivos que levaram à escolha do livro
Confesso que, apesar de Nicholas Sparks ser um escritor reconhecido pela sua maneira de escrever, nunca tive curiosidade em ler um livro da sua autoria. Porém, a capa deste livro chamou-me a atenção: uma imagem com três árvores, imagem esta com um aspecto antigo, o que me levou a crer que se tratava de uma fotografia; li a contra-capa, tratava-se realmente de uma fotografia, e esta tinha um papel fundamental na história; a curiosidade aumentou. A personagem principal esteve no Iraque durante a guerra, logo, supus, que este seria também um livro com registos bastante pessoais, um testemunho, retratando a sua vivência lá, e os obstáculos que teve de passar. Por fim, a última frase que lá se encontrava pôs-me a pensar: «(…)uma sublime história sobre a força avassaladora do destino que se sobrepõe a tudo e dá sentido até aos momentos mais inexplicáveis da vida»; era, sem dúvida, um tema que me despertara interesse: o destino; algo discutível.

Após a leitura do livro
3.Contextualização do Autor
3.1. Alguns dados biográficos
Nicholas Sparks nasceu em Omaha, Nebraska, no dia 31 de Dezembro de 1965.
Cresceu em Fair Oaks na Califórnia, vivendo actualmente na Carolina do Norte com a família.
Teve brilhantes resultados, e mereceu por isso uma bolsa de estudos; licenciou-se em Economia.
Foi durante algum tempo delegado de informação médica até que Theresa Park, agente literária, decidiu começar a representá-lo, vendendo os direitos do seu primeiro romance (O Diário da Nossa Paixão – The Notebook) à Warner Books.
Conseguiu obter um sucesso imediato, foi considerado por muitos um excelente livro e ficou no top americano durante muito tempo. Os livros que se seguiram foram, também, sucessos editoriais;
Os seus bestsellers têm vindo a inspirar adaptações cinematofráficas.
É, sem dúvida, um escritor reconhecido mundialmente.
Nicholas tem 5 filhos: Miles, Ryan, Landon, Lexie e Svannah; os nomes dos seus filhos são dados a algumas personagens dos seus livros; Neste caso a personagem principal chama-se Lexie.

3.2. Outras Obras do Autor
- Diário da nossa Paixão;
- As palavras que nunca te direi;
- Um momento inesquecível;
- Corações em silêncio;
- Uma viagem espiritual;
- Uma promessa para toda a vida;
- O sorriso das estrelas;
- Laços que perduram;
- A alquimia do amor;
- Três semanas com o meu irmão;
- Quem ama acredita;
- Á primeira vista;
- Juntos ao luar;
- Uma escolha por amor;
- Um homem com sorte – The Lucky One (título original);

4. Conteúdo do Livro
4.1. Género Literário:

Romance


(já li o livro, em breve actualizarei isto, com o resumo Smile)




BOAS LEITURAS!

FONTES
x http://www.portaldaliteratura.com/autores.php?autor=390

x http://www.tibetanos.com/loja/biografia.php?search=Nicholas%20Sparks


x E o próprio livro do autor: "Um Homem Com Sorte"




Última edição por JoanaSantos em Qua 25 Mar 2009 - 13:32, editado 4 vez(es)

JoanaSantos
Texto
Texto

Número de Mensagens : 76
Idade : 24
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 28/10/2008
Pontos : 3646

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Homem Com Sorte - Nicholas Sparks;

Mensagem por Salomé Raposo em Qui 22 Jan 2009 - 18:10

Boa leitura...

Atenção ao registo das fontes de pesquisa... É importante!

Até já... Laughing

Salomé Raposo
Professora

Número de Mensagens : 86
Idade : 46
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 26/09/2008
Pontos : 3385

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Homem Com Sorte - Nicholas Sparks;

Mensagem por JoanaSantos em Dom 25 Jan 2009 - 10:37

Obrigada! Smile
Já coloquei as fontes...

JoanaSantos
Texto
Texto

Número de Mensagens : 76
Idade : 24
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 28/10/2008
Pontos : 3646

Voltar ao Topo Ir em baixo

Um Homem Com Sorte - Nicholas Sparks (continuação)

Mensagem por JoanaSantos em Qua 25 Mar 2009 - 13:20

4.2. Assunto (breve síntese)
O elemento fulcral desta história é uma fotografia que é encontrada por um fuzileiro, Logan Thibault, durante a guerra do Iraque. E foi aí a primeira vez que a viu, nessa fotografia, a mulher que mudaria a sua vida: loira, sorridente, de olhos cor de jade. Ao seu lado, na fotografia, encontrava-se um pastor alemão, no fundo da imagem podia-se ler numa faixa “Hampton fairgrounds”, e no verso da foto estava a seguinte frase: “Cuida de ti. E.”. A sua primeira reacção foi deitá-la fora, porém guardou-a a fim de a entregar a quem realmente a tinha perdido, contudo essa fotografia nunca foi reclamada pelo dono, e Thibault guardou-a sempre consigo, por razões que ele próprio nunca chegou a compreender.
A partir deste momento Thibault passou a ter sorte em tudo, o seu amigo Victor defendia convictamente que era o seu amuleto da sorte e que, por esse motivo, devia algo à mulher que se encontrava na fotografia, que lhe devia uma espécie de pagamento, em suma que era o seu destino. Mas não a poderia perder, pois isso alteraria o seu encantamento e passaria a funcionar ao contrário.
Seu amigo Victor – que acabou por morrer após regressar da guerra, num momento de reencontro com Thibault – fora, sem dúvida, o motivo principal da procura dessa mulher;
Avaliou todos os pormenores da imagem, e pesquisou. Thibault começou, então, a sua viagem rumo a Hampton, na companhia do seu pastor alemão chamado Zeus. Obteu resultados sobre a mulher da imagem ao elaborar um plano estratégico. Conseguiu as informações que pretendia, sabia agora que era divorciada e onde vivia - com a sua avó que trabalhava num canil local - e daí até se empregar nesse local foi fácil.
Depressa foi adorado por todos, Beth (ou Elizabeth, o “E.” que procurava), Nana, sua avó, e Ben, o seu filho e, consequentemente, foi ganhando a confiança de todos, e num dia descobriu algo inesperado, o irmão de Elizabeth (que fora tal como ele fuzileiro), antes de uma invasão perdeu a foto que a irmã lhe tinha dado, e mandou um e-mail a Beth a pedi-la de novo, pois considerava-o um talismã, porém Beth não a enviou a tempo, por isso vivia com o peso de nunca lhe ter dado a única coisa que ele lhe pediu.
Beth era uma mãe solteira, divorciada de Clayton (com o qual Thybault se havia cruzado no dia em que chegou a Hampton), que não era visto com bons olhos pela sua família, Ben não gostava sinceramente da sua companhia, pois pretendia sempre algo mais dele, nunca era suficiente, não era suficientemente bom ser ele próprio. Apesar de divorciados, Calyton ainda se sentia atraído por Beth, e não permitia que ela se envolvesse noutras relações, engendrava sempre um modo de terminá-las sem Beth descobrir.
Mais tarde Beth e Thibault acabam por se apaixonar, e – como era de esperar – Clayton não reagiu bem a este relacionamento. Ao início Thibault apenas se empregou no canil para saldar deste modo a dívida que tinha para com Beth, pois salvou-lhe a vida inúmeras vezes em guerra, era tal como Victor dizia, o seu amuleto; todavia acabou por se apaixonar por quem Elizabeth era na realidade, com os seus defeitos e qualidades, não se baseando apenas numa imagem.
Porém, Thibault nunca lhe revelara o verdadeiro motivo da sua vinda, o motivo que nada mais era que ela mesma. O seu amuleto da sorte. O seu destino.
Clayton acabou por descobrir o facto de Thibault ter na sua posse uma foto da ex-mulher, contou a Beth, e esta não reagiu bem, considerou Thibault como alguém que a perseguira durante todos esses anos.
Thibault oferecera essa foto a Ben, pois acreditava realmente que o iria proteger nas alturas que mais precisasse, e contou-lhe que o seu melhor amigo Victor o considerava um amuleto.
Mais tarde, ao falar com o seu filho, Beth compreendeu o real motivo da vinda de Thibault para Hampton, e acabou por perdoá-lo.
Numa noite, Clayton e Beth acabaram por discutir, Ben ouviu tudo, e revoltado decidiu fugir para a sua casa da árvore, o único sítio onde se sentia realmente bem (mas que estava em más condições, pois acabou por se degradar ao longo do tempo). Acabou por pôr a sua vida em risco, tanto Beth, como Clayton correram bastante ao seu alcance, mas pareceu o caminho mais longo das suas vidas, Thibault chegou depois com Zeus, Zeus acabaria por salvar Ben, mas…algo de grave aconteceu; Clayton acabou por morrer naquele dia.
Elizabeth, Thibault, Ben e Zeus construíram a partir daí uma vida juntos. Thibault encontrou por fim o destino que Victor tanto lhe falara.


4.3. Citações favoritas (se necessário, explicadas no contexto)
x “- (...)Houve uma razão para encontrares a fotografia. Ninguém a reclamou por uma razão. Hoje pegaste nela por uma razão. Estava destinada só a ti.” - Momento em que Victor expõe a sua opinião acerca da fotografia.


x “Apenas Drake lhe chamava Elizabeth (…) Era o segredo deles (…) e nunca imaginara como poderia soar na boca de outra pessoa.
Todavia, Logan dera-lhe a entoação adequada.”

x “- (…)Mas acabarás por ir à procura dela. Tudo isto obedece a um desígnio superior. É o teu destino.
- O meu destino?
- Exactamente.
- E isso quer dizer o quê?
- Não sei. Mas saberás quando lá chegares." - Victor explicou a Thibault que seria o seu destino, e apesar de Thibault se sentir relutante quanto a isso, a fotografia teve de facto um papel importante na sua vida, e considerava-a um amuleto.


x “Beth apontou para o televisor. – Como é que os Braves estão a portar-se?
- Como um molho de cenouras.
- Isso é bom ou é mau?
- As cenouras conseguem jogar beisebol?” - Nana (avó de Beth) tinha, por vezes, algumas incógnitas para expressar as suas opiniões, e principlamente com um tom irónico.

4.4. Opinião sobre o livro

Aproveitando o facto de por cada período termos de ler livros à nossa escolha, optei por leituras que nunca antes tinha experimentado, como o caso deste autor, que apesar de ter muita fama, nunca tinha lido um livro de sua autoria. Li algumas críticas sobre este livro, e referiu-se em algumas que a história deste livro já era esperada, pois tratava-se de outro livro do autor, mas que mantinha as mesmas bases do que os restantes, contudo como foi o primeiro que li, a leitura da sua história revelou-se interessante. Para além de relatar factos da vida de alguém que presenciou a guerra e tudo pelo que passam posteriormente, fala também do relacionamento entre pais e filhos, sobre o destino, as respostas que procuramos durante a nossa vida, e assuntos do nosso quotidiano. Gostei de o ler Very Happy .

JoanaSantos
Texto
Texto

Número de Mensagens : 76
Idade : 24
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 28/10/2008
Pontos : 3646

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Homem Com Sorte - Nicholas Sparks;

Mensagem por Salomé Raposo em Qua 24 Jun 2009 - 19:14

Ainda bem... Escolhe já o próximo! Very Happy


15 valores

Salomé Raposo
Professora

Número de Mensagens : 86
Idade : 46
Localização : Setúbal
Data de inscrição : 26/09/2008
Pontos : 3385

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Homem Com Sorte - Nicholas Sparks;

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum