Vertentes
Seja bem vindo ao fórum Vertentes.

Pode usar o Facebook no seu "login".

crónicas de narnia-O Sobrinho do Mágico

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

crónicas de narnia-O Sobrinho do Mágico

Mensagem por katinha em Qua 14 Jan 2009 - 12:41

Ficha de leitura


Antes de ler o livro


1. Identificação do Livro

1.1. Título: As crónicas de Narnia (O Sobrinho do Mágico)
1.2. Autor(a): C. S. Lewis
1.3. Editora: editorial presença
1.4. Data da Edição: 1955


2. Escolha do livro

2.1. Motivos que levaram à escolha do livro: deram-me de presente a algum tempo e eu como não tinha nada para fazer decidi lê-lo

Ofereceram-me no meu aniversário e eu quando não tinha nada para fazer li-o, como faltam ainda 6 crónicas eu decidi comprar só para saber toa a historia.


Após a leitura do livro


3. Contextualização do Autor

3.1. Alguns dados biográficos

Clive Staples Lewis, conhecido como C. S. Lewis, (Belfast, 29 de Novembro de 1898 – Oxford, 22 de Novembro de 1963) foi um autor e escritor irlandês que se salientou pelo seu trabalho académico sobre literatura medieval e pela apologética cristã que desenvolveu através de várias obras e palestras. É igualmente conhecido por ser o autor da famosa série de livros infantis de nome As Crónicas de Nárnia.
3.2. Outras Obras do(a) Autor(a) todas as outras crónicas de narnia


"O Regresso do Peregrino", publicado em 1933, "O Problema do Sofrimento" (1940), "Milagres" (1947), e "Cartas de um diabo ao seu aprendiz" (1942), são provavelmente suas obras mais conhecidas. Escreveu também uma trilogia de ficção científico-religiosa, conhecida como a "Trilogia Espacial": "Longe do Planeta Silencioso" (1938), "Perelandra" (1943), e "That Hideous Strength" (1945). Para crianças, ele escreveu uma série de fábulas, começando com "Surpreendido pela Alegria", foi publicada em 1955.

4. Conteúdo do Livro

4.1. Género Literário
4.2. Assunto (breve síntese)


O livro fala de um rapaz, Digory, e de uma rapariga. Polly, que são vizinhos, ao início não se davam muito bem pois o menino estava sempre muito preocupado com a sua mãe que estava a morrer. O Digory tem um tio completamente aterrorizador que pensa saber tudo sobre o mundo e que na sua opinião tem um grande poder em mãos. Começam a brincar numa casa que aparentemente não tinha ninguém a viver nela, mas enganaram-se na direcções dos sótãos e foram ter directamente o escritório do tio e a partir dai tudo começou… eles em pouco tempo descobriram varias coisas e o tio a certa altura pegou no anel e deu-o a rapariga o que a fez desaparecer, quando Digory viu isto acontecer culpou o tio por tudo o que se tinha passado e acusou-o ainda de saber perfeitamente que aquilo iria acontecer. Como ele próprio não tinha coragem de ir ate a um mundo completamente desconhecido teve de ser Digory a ir salvá-la. Quando chegou lá reparou que estava no meio de uma floresta, passado algum tempo eles acordaram e depois de muito explorar e de muitas perguntas fazer chegaram á conclusão que todos os lagos que ali existiam podiam ser uma porta para um novo mundo. Então decidindo não para por ali e ir para casa, marcaram o lago para sabem como regressar e meterem-se num outro lago, depois de muitas tentativas lá conseguiram abrir o portal. Chegaram a uma sitio muito estranho encontraram varias estatuas, depois de muito explorarem e de muita coisa temerem, trouxeram com eles contra sua própria vontade uma rainha extremamente cruel e poderosa, com isto eles decidiram voltar a cãs, mas ela também consegui passar para o mundo deles. Quando lá chegou, pensava ser a dona do mundo, rainha de tudo e de todos, isto gerou vários conflitos á cidade, mas por fim conseguiram traze-la de volta, mas consigo também levaram o cocheiro e o seu cavalo. Como o seu mundo tinha sido destruído pela sua enorme crueldade, decidiram leva-la para um outro mundo para que ela os deixasse em paz. Mas…não foi bem assim que tudo aconteceu, de facto eles levaram a rainha para outro mundo mas esse mundo era um mundo completamente diferente do primeiro que tinham visitado, era Nárnia a terra de aslan, lá todos os animais falavam incluindo Aslan, o leão. Quando eles o conheceram já sem a bruxa tudo deu uma grande reviravolta a digory ficou encarregue de ir buscar um fruto e foi juntamente com o cavalo e com Polly quando cumpriu a sua missão voltou para junto dos animais deixando a rainha para trás, com isto Aslan disse que Nárnia precisava de uma rei que tomasse conta dela, e com isto fez aparecer toda a sua família, assim Nárnia passou a ser governada por reis humanos. Nisto aslan deu um furto a digory para que ele o desse a sua mãe, então voltou para casa imediatamente com o fruto e com a rapariga. Assim que chegou deu-o á mãe e ela ficou curada.

katinha
Letra
Letra

Número de Mensagens : 6
Idade : 25
Localização : setubal
Data de inscrição : 23/09/2008
Pontos : 3348

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: crónicas de narnia-O Sobrinho do Mágico

Mensagem por Filipe Azevedo em Qui 15 Jan 2009 - 13:18

13 valores

_________________
www.vertentes.pt.vu
avatar
Filipe Azevedo
Professor

Número de Mensagens : 1229
Idade : 56
Localização : Portugal
Data de inscrição : 09/09/2006
Pontos : 15943

Folha de personagem
Guardião secular: Pérgamo

http://www.vertentes.pt.vu/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum